<
>

Prêmios da NBA: Zion x Morant, LeBron, Giannis, Doncic... Quem são os favoritos? Especialistas debatem

Enquanto a NBA se prepara para um possível retorno ao jogo em meio a um hiato devido à pandemia de COVID-19, quais jogadores vencerão os principais prêmios individuais?

11 de março foi a data da última partida da liga antes da paralisação. À época, LeBron James estava tentando diminuir a distância de Giannis Antetokounmpo na corrida pelo MVP, enquanto os poucos jogos de Zion Williamson nos fizeram crer que ele poderia competir pelo prêmio de Novato do Ano com Ja Morant.

A NBA anunciou que os prêmios individuais vão ser votados antes do início da temporada. Ou seja, tudo o que foi feito até 11 de março é a amostragem que está em jogo.

Os especialistas da ESPN vão debater cinco grandes questões, incluindo implicações na escolha do MVP da temporada e qual novato eles preferiam ter ao começar uma franquia. A liga recomeça no dia 30 de julho, com todos os jogos realizados no ESPN Wide World of Sports, pertencente ao Walt Disney World, em Orlando. A ESPN e o ESPN App vão transmitir 20 jogos em 15 dias: veja aqui a programação completa.

As entrevistas foram conduzidas em 31 de maio, antes da confirmação do retorno da temporada da NBA.


1. Qual prêmio é o mais interessante para você?

Kevin Pelton: Novato do Ano, mesmo com a votação já tendo sido encerrada. De qualquer maneira, Zion e o New Orleans Pelicans disputarão uma vaga neste torneio em Orlando.

Tim MacMahon: Nada que acontecer em alguns jogos da temporada regular em Orlando mudariam meus votos nesta temporada. Acho que vou escolher Novato do Ano simplesmente por que, assim como a liga, estou animado para ver mais de Zion. O problema é que o que Ja Morant fez durante a temporada regular foi grande demais para que alguns jogos em Orlando consigam tirar o prêmio dele.

Bobby Marks: Técnico do ano. Mike Budenholzer, em Milwaukee, e Frank Vogel, dos Lakers, têm as duas melhores equipes, mas Billy Donovan (Oklahoma City Thunder) e Nick Nurse (Toronto Raptors) superaram as expectativas. Nate McMillan (Indiana Pacers), Erik Spoelstra (Miami Heat), Taylor Jenkins (Memphis Grizzlies), Doc Rivers (LA Clippers), Mike Malone (Denver Nuggets) e Brad Stevens (Boston Celtics) receberam votos de primeiro lugar.

Andre Snellings: MVP. Antetokounmpo liderou a disputa durante toda a temporada regular, mas nas últimas semanas antes da paralisação, LeBron estava voando.

Tim Bontemps: É difícil ver algo mudar por causa de alguns jogos na Flórida, mas eu ficaria curioso para ver se Giannis seria capaz de garantir Jogador Defensivo do Ano e MVP na mesma temporada.

2. Zion Williamson ou Ja Morant: qual novato você preferiria ter ao começar uma franquia?

Bontemps: Morant. Não há dúvida de que Zion é um grande talento, mas as preocupações com sua saúde em longo prazo me fazem escolher Morant. Ter um armador dinâmico que constrói jogadas sem as mesmas preocupações com lesões (embora Morant me assuste toda vez que ele voa em busca de uma enterrada) faz dele a minha escolha.

Pelton: Zion. Embora existam preocupações compreensíveis sobre sua saúde e durabilidade em longo prazo, ele era claramente o melhor prospecto do Draft e foi dominante em quadra nesta temporada - não pelos padrões dos novatos, mas de toda a liga.

MacMahon: Acredito que ambos têm potencial de superestrela, mas se eu tiver que escolher um sobre o outro em longo prazo, seria Zion. Ele é um talento único. O mais próximo que já vimos em termos de poder/atletismo/habilidade é Charles Barkley - e Zion é maior e mais explosivo.

Marks: Williamson tem potencial para ser um franchise player, mas eu vi em primeira mão nos Nets o impacto que um armador pode ter em um time com Jason Kidd. Morant já transformou Memphis, que muitos previam terminar na parte inferior da Conferência Oeste, em um time que briga por uma vaga nos playoffs. Ele é a minha escolha.

Snellings: Prefiro construir em torno de Zion. Morant é empolgante, e sua combinação de habilidade e explosão o torna brilhante, mas Zion tem a vantagem de ser único em sua classe. Seu pacote completo, não apenas habilidade e físico, mas o carisma também pode ajudá-lo a se tornar mais popular ainda, e uma franquia pode se beneficiar muito disso.

3. Dos candidatos a prêmios, quem mais impressionou?

Snellings: Bam Adebayo, por que sua busca para o prêmio de Jogador que Mais Evoluiu fez com que ele se tornasse um franchise player. Numa liga em que o pivô tradicional foi desvalorizado, Adebayo conseguiu se estabelecer como um grande defensor, enquanto ainda contribui de maneira versátil no ataque.

Bontemps: Muitas pessoas na NBA pensavam que Adebayo seria um bom jogador para o Heat assim que Hassan Whiteside saísse do caminho. Mas não tenho certeza de que alguém imaginava que ele seria tão bom. Enquanto Miami tenta construir o seu próximo time que vai disputar títulos, é na verdade Adebayo - e não Jimmy Butler - quem deve ser o foco da franquia.

Pelton: Brandon Ingram. O desenvolvimento dele como arremessador nesta temporada foi inesperado e crucial para o seu valor. Ele tentou mais que o triplo de bolas de três se compararmos o com a temporada passada, ao mesmo tempo em que conseguiu 39% de aproveitamento. Ingram também deixou de ser um cobrador de lance livre com 70% de aproveitamento e passou a acertar 86%.

MacMahon: A rápida ascensão do “Greek Freak” não deve ser esquecida. Se essas projeções estiverem corretas, Antetokounmpo terá alguns MVPs e um prêmio de Jogador Defensivo antes de completar 26 anos. E ele pode ter um título de campeão da NBA também.

Marks: Dennis Schroder, que foi titular em 145 jogos em Atlanta durante as temporadas 2016-2017 e 2017-2018, aceitou o papel de sexto homem no Thunder. Enquanto seus pontos (19) e minutos (31) são quase idênticos aos de sua última temporada com os Hawks, Schroder saiu do banco em todos menos um jogo nesta temporada e está tendo o desempenho mais eficiente de sua carreira.

4. Fato ou ficção: LeBron James e James Harden não serão mais MVPs da NBA até o fim de suas carreiras

Marks: Ficção. A menos que LeBron esteja aposentado, eu nunca vou tirá-lo da corrida pelo MVP. Harden ainda está no auge de sua carreira e teve médias de 30,4, 36,1 e 34,4 pontos nas últimas três temporadas, respectivamente. Não há sinal de que ele não manterá o nível nas próximas temporadas.

Snellings: Ficção. LeBron é mais velho que Harden (35 anos contra 30, respectivamente), mas ele poderia facilmente vencer o prêmio de MVP desta temporada, e não há razão para acreditar que ele não fará o mesmo na próxima. O jogo de Harden depende tão pouco da força física que ele poderia jogar nesse nível nas próximas temporadas. Entre os dois, é provável que exista pelo menos mais um prêmio de MVP.

Bontemps: Fato, pela simples razão de que LeBron e Harden já completaram 30 anos. Além disso, enquanto estrelas mais jovens como Antetokounmpo, Luka Doncic e Anthony Davis continuam entrando nessas conversas, é mais provável que eles ganhem MVPs daqui para frente.

Pelton: Mais fato do que ficção. Dada a idade de LeBron, se ele não vencer neste ano, a dificuldade aumenta consideravelmente a cada temporada. Harden agora tem que lidar com outra estrela na cidade, Russell Westbrook. Mas eu não descartaria outro MVP para nenhum deles.

MacMahon: Eu com certeza não apostaria meu salário nisso. Ambos são candidatos constantes ao prêmio de MVP, e Antetokounmpo não vai ganhar todos os anos. Harden, o melhor pontuador da sua geração, está no auge de sua carreira e consegue melhorar a cada temporada. LeBron continua desafiando a natureza, praticamente não mostrando declínio na carreira. Não tenho certeza de que ambos ganharão outro MVP, mas um deles provavelmente ganhará.

5. Quem vai ser o próximo MVP inédito?

MacMahon: Correndo o risco de ser acusado de clubismo: Luka Doncic. Não que seja uma escolha controversa. O garoto não podia nem comprar uma cerveja nos EUA legalmente até fevereiro e já está flertando com média de triplo-duplo em uma equipe de playoffs. Ainda há muito espaço para melhorias, principalmente com seu chute de três pontos (31,8% de aproveitamento) e o desenvolvimento da relação entre ele e Porzingis.

Marks: A resposta fácil é Doncic. No entanto, Anthony Davis protagonizou uma temporada nível MVP que está sendo ofuscada por Antetokounmpo e LeBron. Se Davis se mantiver saudável (um grande se) e os Lakers continuarem no topo da classificação da Conferência Oeste pelas próximas três temporadas, ele deverá ter seu primeiro troféu de MVP em um futuro próximo.

Snellings: A batalha será entre Nikola Jokic e Luka Doncic, com Anthony Davis e Joel Embiid correndo por fora. Davis está no auge, mas a presença de LeBron o limita. Embiid tem talento, mas ainda não reuniu tudo por uma temporada inteira. Doncic já é um candidato legítimo ao prêmio de MVP, mas não tenho certeza de que os Mavericks conseguirão jogar como um time de MVP jogaria. Jokic, por outro lado, jogou em um nível “quase MVP” por várias temporadas. O pivô de Denver é jovem o suficiente para continuar melhorando, e sua equipe poderia melhorar na próxima temporada a ponto de ele se tornar um candidato.

Bontemps: Na verdade, existem apenas dois candidatos aqui, Davis e Doncic. Minha escolha será Doncic, pois Davis provavelmente jogará com LeBron por mais algum tempo, enquanto Doncic é o rosto de sua franquia. Dado que ele provavelmente já está entre os cinco primeiros na votação de MVP em sua segunda temporada na liga, há todos os motivos para pensar que Doncic vencerá em um futuro próximo.

Pelton: Doncic. Apenas o fato de Doncic estar na "conversa" (ele é o quinto na minha votação no momento) aos 21 anos, quer dizer que ele vencerá pelo menos um ao longo de sua carreira.