<
>

Zion Williamson está preparado para 'decolar', e isso é bom para a NBA

play
Zion conta como o rapper Drake o transformou em fenômeno midiático ainda nos tempos de escola (2:15)

Calouro contou como soube que Drake estava usando seu uniforme ainda no ensino médio (2:15)

Enquanto outros jogadores da NBA começaram a se exercitar em suas cidades nesta semana para se preparar para o training camp, Zion Williamson simplesmente nunca foi embora.

O fenômeno do New Orleans Pelicans tem sido presença frequente nas instalações do time durante toda a paralisação, sendo um dos vários jogadores que a liga concedeu exceções para que pudesse tratar sua lesão com acompanhamento de treinadores. Todas as instalações da equipe foram fechadas em 20 de março, nove dias após a temporada ter sido suspensa por causa da pandemia de coronavírus.

"Zion tem se empenhado em cuidar de si mesmo", disse David Griffin, vice-presidente executivo de operações do basquete dos Pelicans. "Ele está em um bom lugar físico e mentalmente".

Outra fonte da equipe foi além.

"Ele vai chocar algumas pessoas", disse a fonte.

A capacidade de Williamson de se exercitar de forma consistente é uma vitória para os Pelicans, que esperam subir para o oitavo lugar no Oeste e garantir uma vaga para os playoffs, uma vez que a temporada será retomada no dia 30 de julho no Walt Disney World, em Orlando. Mas ter Williamson saudável e pronto para jogar também é uma vitória para a NBA.

Enquanto várias fontes da liga negam que a NBA tenha ‘se esforçado’ para incluir os Pelicans na bolha, ter uma de suas maiores estrelas por mais alguns jogos é um bom negócio.

"Eu acho que as pessoas vão assistir sempre que ele estiver jogadno", disse um executivo da Conferência Oeste sobre ter Williamson jogando na bolha.

Outras fontes da liga esperam que os Pelicans tenham muitas oportunidades de jogar no horário nobre em Orlando.

"É óbvio que muitas pessoas assistirão apenas para vê-lo", disse outro executivo da Conferência Oeste. "Volte e veja como a arena estava cheia na Summer League por causa dele. Vai ser enorme."

play
1:44

Zion garante: está trabalhando duro para ficar em forma antes do retorno da NBA

Calouro foi criticado pela forma física, mas está aproveitando pausa para se recuperar totalmente de cirurgia feita no joelho antes da temporada

Desde a noite de abertura, a liga deu um ‘all-in’ em Williamson.

Emissoras de televisão lotaram os jogos dos Pelicans - especialmente no início da temporada - antes de Zion ser forçado a fazer uma cirurgia no joelho antes do início da temporada. Isso forçou os Pelicans a jogar 12 jogos de TV nacional sem ele, mas depois que ele voltou à quadra, ele provou que a espera tinha valido a pena.

Mais de 2,4 milhões de pessoas acompanharam sua estreia na NBA em 22 de janeiro contra o San Antonio Spurs. Nove de seus 19 jogos foram televisionados nacionalmente, com média de 30% a mais de espectadores do que uma transmissão de TV nacional média nesta temporada.

"Comparado à maioria dos jovens jogadores, a liga investe muito nele", afirmou um executivo da Conferência Leste. "Existem alguns desses caras que, em vez de serem apenas populares no basquete, podem expandir a relevância da NBA. Eles esperam que ele possa fazer isso por eles".

Na bolha, isso pode crescer.

Se oew Orleans conseguir subir do 10° lugar da Conferência Oeste até a oitava colocação, um confronto da primeira rodada com o Los Angeles Lakers provavelmente será gigantesco em audiência. O confronto das equipes em 27 de fevereiro transmitido pela TNT atraiu 2,24 milhões de espectadores, enquanto um jogo em 1° de março na ESPN teve 2,69 milhões de espectadores.

Isso também permitiria que a NBA exibisse sua maior estrela, LeBron James, contra um dos jogadores que poderia eventualmente sucedê-lo como principal atração da liga.

"[Williamson é] um cara que chama atenção", disse o executivo da Conferência Leste, antes de se referir a outra estrela em ascensão que encontrou um favorito ao título nos playoffs da NBA há quase 30 anos.

"[A NBA] adoraria ter um Michael Jordan contra o aquele Boston Celtics de 86 na primeira rodada ", continuou o executivo. "Se eles pudessem obter seu mundo ideal, é isso que eles gostariam de ter".

Os Pelicans estão simplesmente perseguindo um objetivo definido antes da temporada: disputar partidas significativos no final da temporada. O fato de Zion poder usar as instalações ao lado do companheiro de equipe Kenrich Williams, que estava se recuperando de uma lesão nas costas, ajudou nesse objetivo.

"Tivemos sorte", disse Griffin. "Eles são capazes de fazer muitas coisas que precisavam fazer do ponto de vista de força e condicionamento."

Uma das principais razões pelas quais o cronograma original de seis a oito semanas de Williamson para o retorno da cirurgia se estendeu por 13 semanas foi porque os Pelicans queriam garantir que seu corpo fosse capaz de se movimentar bem com cerca de 130kg. Embora os Pelicans não tenham divulgado o peso atual de Williamson, uma fonte da equipe disse que a equipe está "feliz com a sua condição física" e não espera que ele entre em quadra com excesso de peso.

Aaron Nelson, vice-presidente de desempenho dos jogadores, e o treinador principal Tom Maystadt estiveram diretamente envolvidos no processo de treinamento de Williamson e continuarão contribuindo para o modo como a equipe lida com o calouro, tendo em mente sua resistência e linguagem corporal quando ele está na quadra. De acordo com várias fontes, Williamson também fez um trabalho adicional em cima dos fundamentos do basquete em casa durante a paralisação com seu padrasto, Lee Anderson, em quem ele confia há muito tempo como treinador.

Agora saudável, Williamson deve ter a chance de jogar basquete de alta intensidade sob as luzes mais brilhantes da NBA, o que será algo muito positivo tanto para os Pelicans quanto para a liga.

"Esses jogos contra os melhores jogadores nos grandes palcos serão significativos para Zion aos 19 anos", disse Griffin, ao mesmo tempo em que observa os outros jovens jogadores da equipe. "Eu acho que é importante que esses garotos joguem basquete de playoff tão cedo".