<
>

NBA: Malcolm Brogdon, do Indiana Pacers, testa positivo para o coronavírus

O ala-armador do Indiana Pacers, Malcolm Brogdon, testou positivo para o coronavírus, ele anunciou em comunicado nesta quarta-feira.

"Eu recentemente testei positivo para o vírus COVID-19 e estou atualmente em quarentena", disse. "Estou bem, me sentindo bem e evoluindo bem. Planejo me reunir com meus colegas em Orlando para o resumo da temporada e dos playoffs da NBA."

Os Pacers (39-26) são um dos 22 times da NBA que irão retomar as partidas em 30 de julho em Orlando.

Brogdon, de 27 anos, tem médias de 16,3 pontos, 4,7 rebotes e 7,1 assistências nas 48 partidas dos Pacers nesta temporada. Ele perdeu os últimos três jogos antes da suspensão por conta de uma lesão no músculo do quadril.

Durante o hiato da liga, Brogdon está sendo uma das principais vozes em prol da justiça social. Ele é membro do comitê-executivo da Associação de Jogadores e na terça se juntou com um grupo de jogadores que terá reuniões com a liga para discutir maneiras que a NBA pode falar sobre racismo sistêmico quando a temporada retornar.

Brogdon, calouro do ano em 2017, falou duas semanas atrás que acha que os jogadores terão voz e uma plataforma quando a temporada voltar em Orlando.

"Todo mundo estará nos vendo", disse no podcast de JJ Redick. "Temos todas as câmeras, não terá nenhum outro rolando. Todo mundo quer que joguemos, e isso significa que todo mundo assistirá. São apenas 22 times. Conforme seu time avança para o segundo ou terceiro round dos playoffs, a atenção em cima de você e de sua plataforma cresce na medida que você continua em Orlando. Então essa é uma perspectiva que quero que os caras pensem e entendam antes de tomar uma decisão."