<
>

'The Last Dance': Steve Kerr fala de soco que levou de Jordan e nega história contada pelo astro dos Bulls

Steve Kerr é mais um ex-companheiro de Michael Jordan a negar uma história contada pela lenda do basquete no documentário "The Last Dance", produzido pela ESPN nos Estados Unidos e que contou bastidores da dinastia do Chicago Bulls na NBA dos anos 90.

Atual técnico do Golden State Warriors, Kerr levou um soco no olho de Jordan durante um treino dos Bulls. No documentário, o ex-camisa 23 contou que a agressão foi porque ele estava bravo com o técnico Phil Jackson. Após o incidente, Michael disse que ligou para Kerr e pediu desculpas.

A versão do agredido é um pouco diferente, como contou o hoje treinador ao podcast "Green Light".

"Tenho outra sensação sobre este episódio. Lembro que Phil Jackson subiu para sua sala, porque tinha que atender a uma ligação da NBA, e foi quando brigamos", contou Kerr.

"Então, Phil desceu para ver o que estava acontecendo. Lembro que chegou até mim e disse: 'Vai ter que consertar isso'. E eu respondi: 'Meu olho ou meu relacionamento com Michael?'", concluiu Steve Kerr, três vezes campeão da NBA ao lado de Jordan nos Bulls.

Outros ex-jogadores e participantes do documentário também se queixaram de certas vrsões da história. Scottie Pippen e Horace Grant, colegas de elenco de Jordan, e o jornalista Sam Smith, autor do livro "Jordan Rules", foram alguns dos que reclamaram do conteúdo.