<
>

NBA discute plano para permitir familiares dos jogadores em 'bolha' na Disney em retorno da temporada

play
Há 5 anos, filha de Curry roubou a cena em entrevista, fez fuzuê na sala e até quase derrubou cortina (1:26)

A pequena Riley Curry ficou marcada após a histórica coletiva (1:26)

A NBA e o sindicato de jogadores estão discutindo um plano para permitir um número limitado de familiares dos atletas dentro da proposta de colocar todos numa 'bolha' em Orlando, na Flórida, para retormar a temporada da liga de basquete.

As conversas tem sido centradas no período em que as famílias chegariam no Walt Disney World Resort, que deve começar uma vez que a onda inicial de times for eliminada e o número de pessoas na bolha da liga diminua, segundo fontes disseram à ESPN.

Membros da famílias seriam sujeitos aos mesmos procedimentos de segurança e testagem que todos os outros morando dentro da bioesfera da NBA.

Muitos jogadores estão ansiosos por terem as suas famílias em Orlando, especialmente aqueles dos times candidatos ao título que antecipam ficar lá por mais tempo. A expectativa é que essas equipes comecem a chegar em Orlando na metade de julho, mas essas datas ainda estão em discussão.

Nesta quarta-feira, as discussões na liga seguiram sobre os planos da NBA, paralisada desde 12 de março, para voltar a jogar. Não é esperado que até sexta-feira uma resolução seja feita sobre isso.

O comissário Adam Silver se reunirá com outros dirigentes ainda nesta semana para discutir a possibilidade de um torneio secundário, um playoff mais amplo ou até uma fase de grupos antes do mata-mata.

A NBA ainda não descartou a idea, mas os times têm se mostrado cautelosos com a ideia de trazer de volta todas as 30 equipes para terminar a temporada.

Existe uma ideia de aumentar os times dos playoffs de 20 para 24 times, incluindo mais times do oeste do que do leste.