<
>

NBA: Rudy Gobert, do Utah Jazz, garante não haver 'briga' com Donovan Mitchell após caso de coronavírus

O pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz, minimizou neste domingo o aparente atrito com o companheiro de time Donovan Mitchell, dizendo que eles conversaram recentemente pela primeira vez desde que o francês testou positivo para o coronavírus e desencadeou a suspensão da temporada da NBA.

"É verdade que nós não conversávamos há um tempo depois disso, mas nos falamos uns dias atrás", dise Gobert em seu Instagram. "Nós dois estamos prontos para sair logo e tentar ganhar um título para este time".

Donovan Mitchell, que também testou positivo para COVID-19, ficou chateado pela falta de bom comportamento do parceiro antes de o francês ter sido infectado. Rudy Gobert, inclusive, se desculpou após o ala-armador confirmar o positivo por não levar a sério a ameaça do vírus.

Neste domingo, o pivô garantiu que ele e Mitchell estão na mesma página.

"Não é o caso de não ser profissional. Sabe, cada um tem diferentes relacionamentos - e nunca é perfeito. As pessoas que estão casadas, não é perfeito. Então, sabe, eu e meus companheiros, é longe da perfeição. Mas no final do dia, nós dois queremos a mesma coisa, e é ganhar. Nós dois somos homens crescidos e ambos vamos fazer o que for preciso para ganhar".

Donovan Mitchell chegou a falar sobre o relacionamento com Gobert em entrevista ao canal ABC após todo o caso do coronavírus: "Para ser honesto com você, levou um tempo para eu meio que acalmar, e eu li o que ele disse e ouvi o que ele disse".

O pivô francês garantiu que qualquer problema entre ele e o astro do Utah Jazz foi exagerado.

"Não há briga. Tudo isso é sobre milhares de pessoas morrendo todo dia, e tudo isso é sobre o que nós podemos fazer para ajudar, o que nós podemos fazer para trazer algo positivo. É nisso que meu foco está hoje", falou.