<
>

Adam Silver e cerca de 100 executivos gigantes da NBA reduzem salário em 20% para amenizar crise

A NBA reduzirá em 20% os salários de Adam Silver, comissário da liga, e cerca de 100 dos executivos do topo da folha de pagamento ao redor do mundo, segundo o repórter da ESPN Adrian Wojnarowski.

A redução salarial também envolve Mark Tatum, vice-comissário da NBA, e segundo maior salário da organização. Os cortes não afetarão nenhum funcionário de suporte ou administração, apenas aqueles que recebem os maiores salários..

Procurado pela ESPN, o porta-voz da NBA, Mike Bass, não confirmou a informação, mas disse "que são tempos sem precedentes e, como outras companhias em todas as indústrias, precisamos tomar medidas de curto prazo para lidar com o grande impacto econômico em nossos negócios e na organização".

A NBA busca soluções para amenizar o impacto da pandemia de coronavírus nas finanças da liga e, principalmente, maneiras de compensar financeiramente aqueles que ficarão sem renda durante o hiato.

Diversos jogadores doaram parte de seus salários para os funcionários das arenas que não receberão partidas nos próximos meses e o Philadelphia 76ers chegou a reduzir em 20% os salários de todos os funcionários da organização, mas a repercussão ruim fez com que a franquia voltasse atrás.