<
>

NBA vai pagar salários dos jogadores até 1º de abril, mas futuro é incerto

play
Curry golfista, Giannis rockstar e muito mais; o que os jogadores da NBA fazem durante a quarentena (1:00)

Ainda temos os astros das redes sociais, os loucos por vídeogames e os que seguem 'arremessando' (1:00)

A NBA planeja pagar o salário integral aos jogadores em 1º de abril, mas deixou em aberto a possibilidade de recuperar futuros salários para jogos cancelados em 15 de abril, de acordo com um memorando da liga compartilhado com as equipes na última sexta-feira (20).

À medida que a pandemia de coronavírus paralisa a NBA, os jogos cancelados e a perda de receita estão fazendo com que a liga permaneça flexível financeiramente com base na disposição de força maior no acordo que foi negociado coletivamente.

Com base no acordo e em casos de partidas canceladas por circunstâncias catastróficas, é permitido reter 1 / 92,6 do salário sazonal de um jogador. A provisão abrange vários cenários, incluindo guerra, desastres naturais, epidemias e pandemias. Para fins de força maior, a liga considera que cada time jogou cinco partidas na pré-temporada, 82 na temporada regular e 5,6 jogos nos playoffs.

A NBA planeja informar equipes e jogadores antes da data do pagamento em 15 de abril sobre as intenções da liga, de acordo com o memorando. Jogadores com cronograma de pagamento de 12 parcelas que começaram em 15 de novembro receberão 90% de seu salário após os pagamentos de 1º de abril, de acordo com Bobby Marks, da ESPN. Para os jogadores que optaram por receber o pagamento durante todo o ano civil a partir de 15 de novembro, 60% de seu salário ainda serão devidos.

O comissário Adam Silver suspendeu a liga em 11 de março, depois que Rudy Gobert, do Utah Jazz, recebeu positivo no teste de coronavírus. Os jogos da NBA são perdidos todos os dias, as instalações para treinos foram fechadas por tempo indeterminado, e Silver disse que não está claro quando - ou mesmo se - a temporada da NBA pode se retomada.

A liga tem buscado datas de arena até o final de agosto, na esperança de adiar a temporada e salvar minimamente os playoffs. Os donos da NBA estão se preparando para grandes perdas financeiras - especialmente se a temporada não puder ser retomada.

Se a NBA exercesse a força maior para repôr os jogos perdidos agora, a liga poderia pagar aos jogadores mais tarde se essas partidas acontecessem durante uma retomada posterior da temporada. A maioria dos jogadores são pagos em 24 cheques anualmente, e os 12 primeiros incluem o imposto de caução de 10%.

Mesmo antes do surto de coronavírus, a liga estava projetando que os jogadores não receberiam 100% de seu depósito em garantia.