<
>

NBA: Veja jogadores descartados por lesões que poderiam voltar a atuar ainda nesta temporada

play
Gobert diz que está melhorando e afirma: 'Gostaria de ter levado isso mais a sério' (0:52)

Pivô do Utah Jazz foi o primeiro a testar positivo para o coronavírus (0:52)

A NBA anunciou na quinta-feira que ficará parada por pelo menos 30 dias para combater o surto do coronavírus que assombra o mundo com milhares de infectados e mortos.

Não é certo ainda se teremos o restante da temporada, mas caso ela regresse daqui pelo menos 30 dias, alguns jogadores que já eram "carta fora do baralho" podem retornar saudáveis.

Ben Simmons

Por conta de um problema nas costas, o armador do Philadelphia 76ers não atuava desde 22 de fevereiro. Simmons seria reavaliado daqui três semanas na esperança de ajudar os Sixers nos playoffs. A paralisação da NBA pode ser o tempo necessário para ele se recuperar.

Karl-Anthony Towns

Towns não atua desde o dia 10 de fevereiro. Ele estava lidando com uma lesão no punho e seria reavaliado daqui duas semanas. Os Wolves já não vão a lugar algum, mas o pivô havia manifestado o desejo de retornar à quadra ainda nesta temporada.

Jonathan Isaac

O ala havia machucado o joelho em janeiro e seria reavaliado agora. Apesar de já ter sido descartado pelo resto da temporada, um mês a mais de recuperação pode fazer Isaac retornar ao Magic na parte final da temporada.

Marvin Bagley

Bagley teve várias lesões ao longo do ano, mas a última foi uma torção no pé direito, que faria ele ser reavaliado na próxima semana. Com mais um mês para se recuperar, ele é mais um candidato a voltar se a NBA resumir suas atividades ainda este ano.

John Wall

Wall rompeu o tendão de Aquiles na temporada passada ainda. Apesar dele já ter sido visto realizando treinos no 5 contra 5, o plano não era para que ele voltasse nesta temporada. Mas é incerto se uma folga grande faria o Washington Wizards, que têm um sonho de distante de ir aos playoffs.

Malik Monk

O ala havia sido suspenso por tempo indeterminado por violar a política ante-drogas da Liga. Se a NBA voltar daqui a cerca de um mês, não seria surpreendente vê-lo de volta na quadra.

play
0:52

Gobert diz que está melhorando e afirma: 'Gostaria de ter levado isso mais a sério'

Pivô do Utah Jazz foi o primeiro a testar positivo para o coronavírus

Kris Dunn

O armador havia torcido o joelho e seria reavaliado em 6 semanas, isso no dia 19 de fevereiro. Com a pausa, mesmo tendo sido anunciado como fora da temporada, ele tem chance de retornar à quadra se os Bulls quiserem.

Clint Capela

O pivô não atuou desde que foi trocado para o Atlanta Hawks. Capela disse ainda estar sentindo dores ao andar por conta de uma lesão na sola do pé. Agora ele terá tempo para se recuperar para quem sabe voltar, mesmo com Atlanta fora da briga pelos playoffs.

Derrick Rose

Rose torceu o tornozelo no começo do mês e seria reavaliado em algumas semanas. A pausa pode fazer bem a Rose, mas sabemos que a próxima lesão dele viria de qualquer jeito.

Malcolm Brogdon

O armador foi diagnosticado no dia 7 de março com uma lesão no quadril e seria reavaliado semanalmente. Com Indiana na briga por uma boa posição nos playoffs, ele pode se benecificar da paralisação.

Kelly Oubre

O ala fez uma artroscopia no joelho no começo de março e seria liberado para treinar no fim do mês. Se a liga voltar no meio de abril, ele poderia se juntar a Phoenix.

Não custa sonhar...

Alguns jogadores têm lesões mais sérias e já tinham sido descartados da temporada também, mas alguns fãs ainda sonham com seu retorno. Os três principais nesta categoria seriam Klay Thompson, Kevin Durant e Kyrie Irving. No caso de Thompson, os Warriors não iriam a lugar algum na temporada não faria sentido colocar alguém que passou por cirurgia no joelho nessas condições.

Já Irving (cirurgia no ombro) e Durant (Aquiles) estão do lado de fora e o Brooklyn Nets está em sétimo no Leste sem eles. É mais seguro poupar os dois agora e ir com tudo na próxima temporada.