<
>

NBA: China cancela até evento de caridade da liga, e jogos entre Nets e Lakers ficam ameaçados

O evento de caridade NBA Cares em Xangai, envolvendo o Los Angeles Lakers, foi cancelado nesta quarta-feira apenas horas antes de começar. O fato é consequência da crise entre a China e a liga de basquete, causada por uma declaração de apoio do gerente-geral do Houston Rockets, Daryl Morey, aos protestos em Hong Kong.

A NBA informou apenas que o cancelamento do evento, que deveria beneficiar as Special Olympics, não foi sua decisão. Um evento com os fãs que estava marcado para esta quarta também foi suspendido.

Na última terça-feira, um evento da NBA Cares com o Brooklyn Nets num centro de educação em Xangai também havia sido cancelado pelo governo chinês. O comissário da liga, Adam Silver, afirmou que ainda doaria os computadores prometidos à instituição.

Os Lakers, então, seguiram com sua programação em um treinamento fechado, uma fonte disse à ESPN. Los Angeles e Brooklyn tem o primeiro de dois jogos marcados de pré-temporada na China nesta quinta-feira. Adam Silver deve ter reunião com as duas equipes ainda nesta quarta para falar sobre a situação.

O comissário afirmou na última terça, enquanto estava no Japão, que a liga se sentia arrependida, mas ressaltou que “não pedia desculpas por Daryl exercer sua liberdade de expressão”.

A televisão estatal chinesa CCTV anunciou que não vai mais transmitir as duas partidas de pré-temporada, além de estar revisando toda sua cooperação e comércio com a NBA. Indicou, ainda, que os comentários de Silver impulsionaram a decisão.

“Estamos fortemente insatisfeitos e opostos aos comentários de Adam Silver que apoiam a liberdade de expressão de Morey”, disse o comunicado. “Acreditamos que qualquer comentário que desafie a soberania nacional e a estabilidade social não estão no escopo de liberdade de expressão”, disse a televisão.