<
>

NBA: Russell Westbrook diz que quer jogar Olimpíada, projeta dupla 'assustadora' com James Harden e crava: 'Só vaiam quem é realmente bom'

Como esperado, o 'media day' do Houston Rockets foi agitado e teve um personagem principal: Russell Westbrook.

O armador, que se junta à equipe nesta temporada, deu uma entrevista como as que costuma dar: honesta e cheia de energia. Russell disse que quer jogar a Olimpíada de 2020 pelos Estados Unidos, assim como James Harden, projetou uma dupla "assustadora" com o Barba e ainda falou sobre as reações das torcidas em relação a ele.

"Estou interessado, sim, em jogar pelos Estados Unidos na Olimpíada de 2020", disse.

Quando perguntado sobre a parceria com James Harden, que será reeditada dos tempos de Oklahoma City Thunder, Westbrook foi enfático: 'Vai ser assustador. É tudo que eu posso te dizer. vai ser assustador. Não para nós".

Russ também foi questionado sobre o que espera da torcida dos Rockets quando entrar em quadra para representar a equipe e disse esperar ser bem recebido. Nos outros ginásios, porém...

"Eu levo vaias, torcida contra e comentários negativos como positivos porque eles só estão me vaiando porque eu sou realmente muito bom no que eu faço", disse. "Eu levo numa boa, se eles não estão me vaiando, não estão falam nada para mim, então estou preocupado".

Ao lado de Westbrook, quem também concedia entrevista coletiva era seu companheiro Gerald Green, que definiu o camisa 0: "Ele é um cão. Todo mundo sabe, ele é um cão. Existem dois tipos de cães. Os que tem que ser enjaulados e os que andam em bolsa de madade. Russ com certeza não é cão de madame".

Aos risos, Westbrook concordou: "Definitivamente não sou".