<
>

Lakers favoritos após Anthony Davis? Veja o bem precoce ranking das forças da NBA em 2019-20

A temporada 2018-19 da NBA acabou, mas a liga não dá descanso para seus fãs.

Em uma questão de dias, o Los Angeles Lakers fechou a troca com o New Orleans Pelicans por Anthony Davis e já mudou o cenário para a próxima temporada.

E com o Draft de 2019 chegando - na quinta-feira, com transmissão da ESPN e WatchESPN - e o mercado de free agents perto de seu início, o ESPN.com.br resolveu arriscar e organizar as forças da NBA para 2019-20.

1. Milwaukee Bucks
Campanha em 2018-19: 60-22

Tirando Brook Lopez e uma potencial opção de renovação de Khris Middleton, o Milwaukee Bucks não deve ter grandes perdas no mercado, mas também não terá flexibilidade no teto salarial. Ou seja, o time de melhor campanha da NBA na última temporada seguirá praticamente intacto e com um ano de experiência a mais para Giannis Antetokounmpo. O resto da liga que se prepare.


2. Los Angeles Lakers
Campanha em 2018-19: 37-45

Óbvio que nenhum time está formado. Mas tendo o melhor jogador da atualidade e o pivô mais dominante juntos faz dos Lakers favoritos desde já. Ainda mais tendo em conta que o Golden State Warriors, pelo menos até o começo de 2020, vai estar baleado e abriu uma janela para todo mundo sonhar no Oeste. Anthony Davis e LeBron James, além de uma possível terceira estrela que está por vir, dão aos Lakers mais um fio de esperança na busca para retornar a franquia ao topo.


3. Golden State Warriors
Campanha em 2018-19: 57-25

Kevin Durant não jogará na próxima temporada. E sem ele já vimos como os Warriors podem se aproximar dos ‘meros mortais’. Além disso, mesmo que Klay Thompson renove, ele só irá voltar a jogar em 2020. DeMarcus Cousins é outro que chegou ao fim de contrato. Ou seja: depois de formar supertimes, Golden State está enfraquecido como nunca na era Curry. A flexibilidade do time de recrutar grandes peças no mercado é baixa justamente porque Curry já está garantido, Durant vai absorver a folha com seu salário de último ano de vínculo, e Klay Thompson não deve vir por um valor baixo se ficar.


4. Toronto Raptors
Campanha em 2018-19: 58-24

Os campeões da NBA são obrigatoriamente o melhor time da liga? Bem, não. Os canadenses fizeram história e chegaram ao topo do mundo do basquete, mas o futuro é muito nebuloso ainda. Tudo passa por um homem: Kawhi Leonard.

O MVP das Finais e astro do título é um Agente Livre e decidirá seu futuro por conta própria. Caso ele fique, os Raptors podem seguir montando um time que disputará o título ao seu redor. Sem ele, precisarão correr atrás de uma estrela para disputar algo. De qualquer jeito, boa parte da base do time campeão deve seguir por lá, com Kyle Lowry, Serge Ibaka, Pascal Siakam e Fred VanVleet. Marc Gasol tem a opção de renovar por mais um ano. De qualquer modo, jogarão sem nenhum peso nas costas.


5. Philadelphia 76ers
Campanha em 2018-19: 51-31

A base da equipe com Ben Simmons e Joel Embiid está garantida para a próxima temporada. Um dos pontos principais para o maior sucesso dos 76ers é uma evolução de Simmons nos arremessos, nulos nas suas primeiras temporadas na NBA. A maior questão é a permanência de Jimmy Butler. O jogador tem player option para a temporada e ainda não decidiu o que fazer. Com Tobias Harris e JJ Redick agentes livres, Philadelphia tem que buscar as renovações ou tentar outros jogadores. Se renovar com todos, terá pouco espaço na folha salarial. Talento não faltará na equipe titular, mas o esquema funcionará melhor do que em 2018-19? O banco será reforçado? Incógnitas em meio aos bons jogadores na Philadelphia.


6. Houston Rockets
Campanha em 2018-19: 53-29

Os Rockets estiveram com 3 a 2 na final do Oeste em 2018, e em 2019 acharam que as coisas seriam diferentes. Contra os Warriors, de novo, caíram. Entretanto, o status de seu algoz é um gigante ponto de interrogação por causa de Kevin Durant e Klay Thompson.

Um time com o atual MVP da NBA (e possível bi) é incontestavelmente um candidato ao título. Entretanto, alguns pontos preocupam mais do que animam. Apesar de James Harden seguir em seu auge, Chris Paul não é mais o mesmo e a cada ano que passa se torna um custo-benefício pior e o elenco de apoio se mostrou extremamente frágil. Já são temporadas e temporadas contando que a bola de três vá cair, mas tem dia que não dá... e aí já era.


7. Denver Nuggets
Campanha em 2018-19: 54-28

A campanha em 2018-19 foi acima da média. Jokic brilhou nos playoffs e Murray se mostrou um armador sólido para o futuro. Com a experiência adquirida nesta primeira temporada, a expectativa será de briga pelo título da conferência. Embora não tenha espaço para outras estrelas, os Nuggets manterão a mesma base. Michael Porter Jr, 14ª escolha do Draft de 2018, retorna de lesão e poderá comprovar sua fama de cestinha no colegial.


8. Portland Trail Blazers
Campanha em 2018-19: 53-29

Os Blazers fizeram uma linda pós-temporada ao eliminar o Thunder e os Nuggets. Nas finais do Oeste, cairam para os Warriors por 4 a 0, mas fizeram o time de Curry sofrer para vencer todas as partidas.

Lillard, mais do que nunca, se consolidou como uma superestrela. CJ McCollum mostrou do que é capaz. E o time ainda não teve Jusuf Nurkic, seu pivô titular que se lesionou no final da temporada regular. Num oeste 'sem dono' graças às fragilidades dos Warriors, podem fazer história com um time bem equilibrado vindo do banco.


9. Boston Celtics
Campanha em 2018-19: 49-33

Danny Ainge decidiu que não valia a pena colocar Jayson Tatum em um troca por Anthony Davis, principalmente depois que o ala-pivô deixou claro que ficaria por apenas um ano no time. Agora, a vida de Boston parece mais difícil.

A possível saída de Kyrie Irving, Marcus Morris e Terry Rozier deixa o elenco mais debilitado, e os Celtics precisam manter Al Horford e contratar novas peças na Free Agency. Ainda assim, o Boston Celtics comandado por Brad Stevens parece forte o suficiente para reivindicar seu espaço entre os dez melhores times da NBA.


10. LA Clippers
Campanha em 2018-19: 48-34

A franquia parecia o lugar mais atrativo em Los Angeles na intertemporada. Mas os Lakers adquiriram Anthony Davis.

Falta uma estrela. Essa é a sensação que o elenco dos Clippers deixaram após a temporada de 2018-19. A base do time é forte, com Louis Williams, Montrezl Harrell e Gallinari ainda sob contrato. Falta ainda o astro que liderará a equipe ao sucesso. O grande espaço no teto salarial pode ser determinante para mudar o patamar da equipe, e quem sabe, depois da Free Agency, os Clippers se tornem o melhor time de Los Angeles.


Os outros

11. Oklahoma City Thunder

12. Utah Jazz

13. Brooklyn Nets

14. San Antonio Spurs

15. Indiana Pacers

16. Dallas Mavericks

17. New Orleans Pelicans

18. Detroit Pistons

19. Sacramento Kings

20. Orlando Magic

21. Miami Heat

22. Minnesota Timberwolves

23. Charlotte Hornets

24. Washington Wizards

25. Memphis Grizzlies

26. Atlanta Hawks

27. Chicago Bulls

28. New York Knicks

29. Phoenix Suns

30. Cleveland Cavaliers