<
>

Nada de Casa Branca: jogadores dos Warriors visitarão crianças em Washington

Alguns jogadores dos Warriors declararam que não visitariam Trump na Casa Branca Noah Graham/NBAE via Getty Images

Depois do presidente dos EUA, Donald Trump, retirar o convite para a tradicional visita do campeão da NBA à Casa Branca, os jogadores do Golden State Warriors decidiram aproveitar a única viagem à Washington, no próximo dia 27, com uma visita particular à crianças, sem revelar o local.

“É o título deles. Eles foram desconvidados para a Casa Branca, então cabe a eles fazerem o que quiserem. Assim, ele fizeram seus planos”, disse o técnico Steve Kerr.

“Quero que os jogadores tenham um dia bom, façam algo positivo e aproveitem o que estiverem fazendo”, completou o treinador em entrevista à ESPN.

A retirada do convite aconteceu em setembro do ano passado, após diversas declarações de jogadores, entre eles Stephen Curry e Kevin Durant, afirmando que não iriam visitar Trump por discordância em relação à política e as declarações do mandatário.

Alguns membros do partido democrata, entre eles o prefeito Muriel Bowser e o líder da minoria, Nancy Pelosi, convidaram os atletas para uma visita ao Capitólio, mas eles preferiram não “politizar” a passagem pela capital dos EUA.

“No fim, trata-se de celebrar o título, então não há motivo para transformar em algo político. É sobre algo que conquistamos. Porque transformar isso?”, disse Draymond Green.

O local exato da visita não foi divulgado, e o evento não terá acesso da imprensa.