<
>

NBA Playoffs: Grizzlies podem ter desfalque de Ja Morant no jogo 4 contra os Warriors por lesão no joelho

Armador do Memphis Grizzlies deixou o jogo 3 da semifinal dos playoffs na Conferência Oeste mancando após lance envolvendo Jordan Poole, do Golden State


O armador do Memphis Grizzlies, Ja Morant, será desfalque no jogo 4 da semifinal da Conferência Oeste contra o Golden State Warriors, nesta segunda-feira (9). Segundo o técnico da franquia, Taylor Jenkins, o jogador sofreu uma lesão no joelho.

O Grizzlies não detalhou a lesão no joelho de Morant, mas o listou como dúvida por conta de 'dor no joelho direito'.

"Ele está sendo avaliado", disse Jenkins, neste domingo (8). "Mas pelo que me disseram, provavelmente há uma boa chance de ele não jogar amanhã."

Os Grizzlies acreditam que a lesão foi causada por uma jogada em que Jordan Poole, do Golden State, agarrou o joelho de Morant, no quarto quarto do jogo 3.

A NBA não tomará nenhuma ação disciplinar contra Poole, disse uma fonte à ESPN. Jenkins disse que o vice-presidente executivo de operações de basquete/gerente geral do Memphis, Zach Kleiman, entrou em contato com a liga sobre a jogada.

"Apenas tentando ser prático aqui", disse Jenkins, quando perguntado sobre o que ele pensava sobre a peça após uma análise mais aprofundada. "Isso é o que Ja diz, isso é o que nossa equipe médica disse depois de analisar a jogada. Ja estava jogando muito bem, sentindo-se bem durante todo o jogo, e a agarrada no joelho foi o que desencadeou a lesão em potencial e por isso tiramos Ja do jogo"

Morant deixou o Chase Center no sábado (7) à noite sem falar com os repórteres. Mas ele inicialmente tuitou “quebrou o código”, com o vídeo de Poole agarrando o joelho de Morant no jogo, antes de excluir o tuíte.

Morant foi visto andando mancando em direção ao ônibus da equipe após a derrota do Memphis por 142 a 112.

Poole disse que não estava tentando machucar Morant intencionalmente. Ele e Andrew Wiggins prenderam Morant perto da metade da quadra antes de Wiggins ser marcado por uma falta com 6 minutos 55 segundos restantes no jogo. Morant saiu com 6 minutos e 19 segundos restantes e os Warriors aumentaram a vantagem para 17 pontos antes de voltar para o vestiário mancando.

"Foi uma jogada de basquete quando o dobramos", disse Poole no sábado. "E eu bati na bola, e eu estava indo para a bola. Quero dizer, obviamente, você não quer ver ninguém se machucar. Eu nem sou esse tipo de jogador. Eu respeito todo mundo."

Os Grizzlies tiveram 20-5 nesta temporada sem Morant, que perdeu nove jogos consecutivos em março e abril por causa de uma dor no joelho direito durante a temporada regular.

"O ânimo de Ja está bom", disse o armador Tyus Jones, que será titular se Morant não puder jogar. "Obviamente ele está frustrado. Sempre que você está machucado, você está frustrado. (Mas) o espírito dele está bom. Ele ainda obviamente está colocando tudo para se curar e tentar melhorar e tentar estar lá conosco tentando competir e lutar."

Jones acrescentou que, embora achasse que a jogada em questão envolvendo Poole era "uma jogada interessante", ele disse que não achava que alguém estivesse tentando machucar alguém no chão.

"Não acho que Poole ou qualquer um nesta série seja necessariamente um jogador sujo", disse Jones. "Mas foi apenas uma jogada interessante. Isso é tudo o que posso dizer sobre isso. Não foi uma jogada normal que normalmente acontece, mas não acho que ele estava tentando ferir Ja de forma alguma".

Os Grizzlies terão Dillon Brooks de volta para o jogo 4, depois que o ala cumpriu uma suspensão de um jogo no jogo 3 por sua falta flagrante nos minutos iniciais do jogo 2, que resultou em Gary Payton II sofrendo uma fratura no cotovelo. Um irado Steve Kerr disse que Brooks "quebrou o código" para essa falta flagrante, na qual ele acertou Payton na cabeça enquanto o armador dos Warriors estava no ar para uma bandeja de transição.

Agora, os Grizzlies, perdendo por 2 a 1, podem ficar sem sua estrela no jogo 4.

"Quando ele estava na quadra, você via o quão dominante ele era e o quanto nós confiávamos nele", disse o ala-pivô Xavier Tillman. “Então, quando ele não está na quadra, agora é para mostrar a ele, 'nós pegamos você'. Obviamente, é uma situação infeliz de acontecer, mas agora que te apoiamos, vamos segurar até que você esteja pronto para ir."