<
>

Saltador olímpico Ian Matos morre aos 32 anos após infecção pulmonar

O atleta olímpico Ian Matos morreu nesta terça-feira, aos 32 anos. O saltador estava internado no Rio de Janeiro desde novembro, quando teve uma infecção na garganta, que se alastrou para o pulmão.

Nascido em Muaná (PA), Ian se mudou para Brasília (DF) ainda jovem. Mais tarde, disputou as Olimpíadas do Rio, em 2016, quando registrou o oitavo lugar no trampolim de três metros. Ele também participou de três edições dos Jogos Pan-Americanos (2011, 2015 e 2019).

Além do desempenho esportivo, Matos também teve importância fora das piscinas. Em 2014, o saltador foi um dos primeiros atletas brasileiros de alto rendimento a assumir a homossexualidade.

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos se manifestou, por meio de nota, sobre o falecimento de Ian Matos: “A CBDA se solidariza à família e aos amigos do atleta e agradece pela amizade, companheirismo e dedicação à modalidade”.

Já o Time Brasil utilizou o Twitter para lamentar a perda: “É com profundo pesar que recebemos a triste notícia do prematuro falecimento do saltador olímpico Ian Matos, de 32 anos. O Time Brasil agradece toda a sua contribuição para a evolução da modalidade. Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos”.