<
>

Gabriel Araújo e Thalisson Glock ganham duas medalhas de ouro na natação paralímpica

Nesta manhã de quinta-feira, sete nadadores brasileiros competiram nas finais das Paralimpíadas de Tóquio. Gabriel Araújo e Thalisson Glock conquistaram medalhas de ouro.

Com boa vantagem, Gabriel Araújo venceu os 50m costas (S2). O nadador de 19 anos concluiu a prova em 53s96 e ganhou o seu segundo ouro em solo japonês. Já o chileno Alberto Abarza (57s76) ficou com a prata, enquanto o russo Vladimir Danilenko (59s47) faturou o bronze.

Thalisson Glock conquistou a medalha de ouro nos 400m livre (S6). Com tempo de 4m54s42, o brasileiro de 26 anos superou o italiano Antonio Fantin (4m55s70) e Viacheslav Lenskii (5m04s84), do Comitê Paralímpico Russo.

Nos 400m livre (S6) feminino, Laila Abate ficou na 7ª posição – ela terminou a prova em 5m38s72. A chinesa Yuyan Jiang (5m04s57) quebrou recorde mundial e ficou com o ouro. Yelyzaveta Mereshko (5m12s61), da Ucrânia, e Nora Meister (5m19s67), da Suíça, completaram o pódio.

Ana Karolina Soares de Oliveira foi a 5º colocada na final dos 100m costas (S14). A britânica Bethany Firth, com tempo de 1m05s92, conquistou a medalha de ouro. A russa Valeriia Shabalina (1m06s85) ficou com a prata, enquanto Jessica-Jane Applegate (1m07s93), da Grã-Bretanha, faturou o bronze.

Nos 50m costas (S1), José Ronaldo da Silva completou a prova em 1m11s29 e terminou na quarta posição. O israelense Iyad Shalabi (1m11s79) ganhou a medalha de ouro. Anton Kol (1m13s78), da Ucrânia, e Francesco Bettella (1m14s87), da Itália, completaram o pódio.

Eric Tobera foi o 6º colocado nos 50m livre (S4), com tempo de 41s46. O israelense Ami Omer Dadaon (37s21) bateu o recorde paralímpico e ficou com o ouro. O japonês Takayuki Suzuki (37s70) e o italiano Luigi Beggiato (38s12) conquistaram prata e bronze, respectivamente.

Por fim, Patrícia Pereira dos Santos (41s56) terminou na 4ª posição dos 50m livre (S4). A australiana Rachael Watson ganhou a medalha de ouro e, com tempo de 39s36, bateu o recorde paralímpico. Arjola Trimi (40s32), da Itália, e Marta Infante (40s85), da Espanha, completaram o pódio.