<
>

Daniel Dias conquistas duas medalhas de bronze no segundo dia da natação nos Jogos

Nesta quinta-feira, no segundo dia da natação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, Daniel Dias conquistou sua terceira medalha na competição. Após terminar os 200m livre (S5) na terceira posição, nesta quarta, o brasileiro também levou o bronze nos 100m livre (S5) masculino, com o tempo de 1min10s80, e no revezamento misto 4x50m livre.

Daniel chegou a sua 27ª medalha nos Jogos. Na prova individual, o nadador foi superado pelo italiano Francesco Bocciardo (1min09s56) e pelo chinês Lichao Wang (1min10s45).

Já no revezamento, nadou ao lado de Talisson Glock (S6), Joana Neves (S5) e Patrícia Pereira (S4). Os atletas terminaram com o tempo de 2min24s82. A China ficou com o ouro e o recorde mundial da prova, com 2min15s19, seguido pelos italianos, com 2min21s45.

Nas outras provas individuais, os brasileiros não tiveram a mesma sorte. Pelos 100m livre (S5) feminino, Joana Neves terminou em oitava. O pódio foi composto pela campeã Tully Kearney, da Grã-Bretanha, com direito a recorde mundial, seguida pela chinesa Li Zhang, e a italiana Monica Boggioni.

Nos 200m medley (SM6), Talisson Glock encerrou em sétimo. O colombiano Nelson Crispin Corzo foi o campeão da prova. Andrei Granichska, do Comitê Paralímpico Russo, e o chinês Jia Hungguang completam o pódio, com prata e bronze, respectivamente.

O brasileiro Matheus Rheine ficou com a quinta colocação nos 400m livre (S11). O holandês Rogier Dorsman ficou com o ouro, o japonês Uchu Tomita levou a prata, e Dongdong Hua, da China completou o pódio.

Por fim, assim como seu compatriota Matheus, porém, na prova dos 100m peito masculino (SB9), Rhuan Souza também ficou em quinto e viu Stefano Raimondi, da Itália, se sagrar campeão. Artem Isaev e Dmitrii Bartasinskii, ambos do Comitê Paralímpico russo, ficaram com prata e bronze, respectivamente.