<
>

Felipe Lima e João Gomes vão à final nos 50m peito; Guido é 7º nos 100m costas

O Brasil será representado por dois nadadores na final dos 50m do Campeonato Mundial pela segunda vez. Na manhã desta terça-feira, Felipe Lima e João Gomes Junior avançaram para a decisão da prova, marcada para esta quarta-feira, às 8h (de Brasília).

Integrante da primeira bateria, João Gomes contabilizou 26s84 e passou com o quinto melhor tempo. Em seguida, Felipe Lima entrou na piscina para fazer 26s62 e seguir vivo na competição ao fazer a segunda marca, atrás apenas do fenômeno Adam Peaty, dono de 26s11.

No último Mundial, na cidade de Budapeste, na Hungria, em 2017, João Gomes levou a prata, enquanto Felipe Lima bateu na trave, ficando no quarto lugar. O britânico Adam Peaty, principal nome da prova, conseguiu o ouro.

Desse modo, o Brasil pode fazer história e colocar dois nadadores no pódio em uma mesma prova pela primeira vez. Antes do Mundial, Felipe Lima era o dono do melhor tempo da temporada, com 26s33, mas perdeu o posto para Peaty, que fez marcas superiores tanto nas semifinais quanto nas eliminatórias.

O país também obteve um nadador na final dos 200m borboleta. Dono do quarto melhor tempo, com 1m55s71, Leonardo de Deus passou e deve brigar por pódio. Luiz Altamir, por sua vez, fez 1m57s08 e ficou pelo caminho.

Guido fica em sétimo nos 100m costas

Após largar bem, Guilhermo Guido perdeu ritmo e acabou terminando a final dos 100m costas na sétima colocação com o tempo de 53s26. O chinês Jiayu Xu, com 52s43, levou a medalha de ouro, Evgeny Rylov, da Rússia, ficou com prata (52s67) e Mitchell Laerkin, da Austrália, com o bronze (52s77).