<
>

Conor McGregor sinaliza interesse em concorrer à presidência da Irlanda

Conor McGregor, lutador do UFC, em Dublin, na Irlanda Brian Lawless/Getty Images

Conor McGregor pode ter mergulhado de cabeça no que pode vir a ser a maior experiência de sua vida. Principal astro do MMA mundial e ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC, ‘Notorious’ sinalizou interesse em concorrer à presidência da Irlanda nas eleições de 2025. De olho no cenário político e na atual conjuntura de seu país, o lutador já analisa, inclusive, quem seriam seus potenciais rivais na disputa eleitoral (veja abaixo ou clique aqui).

No fim de novembro, um ataque raro em Dublin, capital da Irlanda, desencadeou uma série de protestos no país. No incidente, cinco pessoas – três destas crianças – foram esfaqueadas. A tensão cresceu quando informações apontavam que o agressor seria proveniente da Argélia. Desta forma, uma multidão tomou as ruas com um viés anti-imigração e incendiou carros e ônibus em sinal de protesto.

Atento ao momento de seu país, McGregor compartilhou alguns destes desdobramentos em suas redes sociais nas últimas semanas. O atleta criticou de forma clara a figura do atual primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, e a sua estratégia de segurança nacional governamental. Com um discurso inflamado e voltado para o público local, Conor fez com que milhares de irlandeses e seguidores o incentivassem a concorrer para a vaga de Presidente.

“Potencial competição se eu concorrer (à presidência). Gerry, 78 anos. Bertie, 75 anos. Enda, 74 anos. Cada um desses com laços inquebráveis com a política individual de seus partidos. Independentemente do que o público fora de seus partidos sinta. Esses partidos governam para si mesmos ao invés governarem para o povo. Ou eu, 35 anos. Jovem, ativo, apaixonado, carne nova no jogo. Eu ouço. Eu apoio. Eu me adapto. Não possuo afiliação ou viés em relação a nenhum partido. Eles seriam genuinamente responsabilizados pela atual influência do sentimento público. Eu colocaria tudo em votação. Haveria votações toda semana para garantir. Eu posso financiar. Não seria eu no poder como Presidente, povo da Irlanda. Seria eu e vocês (…) É por isso que eu concorreria, se necessário. Para ser a voz das pessoas que merecem ser ouvidas”, declarou Conor.

Como funciona a eleição presidencial na Irlanda

Diferentemente do Brasil, o mandato presidencial na Irlanda tem duração de sete anos. O presidente só pode ser reeleito uma única vez – período máximo de 14 no poder. O atual presidente da Irlanda, Michael Higgins, de 82 anos, foi reeleito em 2018 e está em seu segundo mandato. Desta forma, não poderá concorrer na próxima eleição, programada para 2025.

Para se tornar elegível para a presidência da Irlanda, o indivíduo precisa ser um cidadão irlandês e ter, no mínimo, 35 anos de idade. Além disso, sua candidatura deve ser aprovada por ao menos 20 membros do Parlamento Nacional, além de quatro autoridades locais. Desta forma, caso realmente queira disputar as eleições em 2025, Conor McGregor precisaria do aval de inúmeras figuras políticas do país.