<
>

Ngannou renova com o UFC? Daniel Cormier aumenta 'pressão' e diz que torce por acordo

play
UFC 270: Ngannou vence Gane na luta agarrada, mantém cinturão e segue à espera de Jon Jones (0:43)

O camaronês segue como campeão da categoria e dá ao rival francês a sua primeira derrota em 11 combates no MMA profissional. (0:43)

Daniel Cormier opinou sobre a situação de Francis Ngannou, que tem futuro incerto no UFC após ver seu contrato com a organização chegar ao fim


Apesar da importante vitória no UFC 270, o futuro de Francis Ngannou na organização e também no MMA é incerto. No evento realizado no último sábado (22), na Califórnia (EUA), o campeão do peso-pesado defendeu o título da categoria pela primeira vez ao vencer Ciryl Gane por decisão unânime e assim chegou ao fim de seu contrato com a empresa.

Sabendo disso, Daniel Cormier comentou sobre o atual momento profissional vivido por ‘The Predator’.

Antes de lutar contra Gane, Ngannou deixou claro que seu relacionamento com Dana White se deteriorou e criticou o UFC por tratar seu campeão do peso-pesado como um atleta qualquer. Para agravar ainda mais o quadro, ‘The Predator’, constantemente, flerta com a possibilidade de migrar do MMA para o boxe, explica que atuar nos ringues é seu maior sonho e que o alto valor das cifras nas negociações também o faz balançar.

Como Dana White não apareceu para colocar o cinturão no camaronês após sua vitória sobre ‘Bon Gamin’, Cormier, confessou temer que o rei da divisão deixe a companhia, uma vez que não possui obrigações com ela.

Como possui gratidão pela empresa, até porque conquistou o título de duas categorias nela e se consolidou como um dos melhores lutadores da história do MMA, ‘DC’ não fica em cima do muro e admite torcer para que o conturbado relacionamento envolvendo Ngannou e Dana entre nos eixos e que as partes, finalmente, possam chegar a um acordo para selar um novo vínculo. Segundo o atual comentarista, a possível saída de ‘The Predator’ seria uma lacuna difícil de ser preenchida pelo UFC.

“Essa foi a última luta de Ngannou em seu contrato, mas há uma cláusula de campeão no contrato com o UFC. Você tem que imaginar que haverá tempo para eles tentarem resolver essa situação com Ngannou. Olha, você quer o pior pesado do planeta no UFC na principal organização, então tudo que posso fazer é esperar que eles cheguem a um acordo”, declarou a lenda do MMA, ao participar do programa pós-UFC 270, na ESPN.

Francis Ngannou, de 35 anos, estreou pelo UFC em 2015, venceu grandes nomes do MMA e se tornou um dos lutadores mais assustadores do esporte. Pela organização, o campeão do peso-pesado nocauteou Alistair Overeem, Andrei Arlovski, Cain Velasquez, Curtis Blaydes (duas vezes), Jairzinho Rozenstruik, Júnior ‘Cigano’ e Stipe Miocic e superou Ciryl Gane em sua primeira defesa de título.

O sucesso de ‘The Predator’ é tanto, que o mesmo já é apontado por parte dos fãs e da imprensa especializada como um dos principais atletas da história da categoria por conta de seu porte físico e poder.