<
>

Ngannou diz que UFC ameaçou processo por supostas conversas com agente de Jake Paul

play
UFC 270: Ngannou vence Gane na luta agarrada, mantém cinturão e segue à espera de Jon Jones (0:43)

O camaronês segue como campeão da categoria e dá ao rival francês a sua primeira derrota em 11 combates no MMA profissional. (0:43)

Em declaração ao programa ‘MMA Hour’, Ngannou revelou que o Ultimate ameaçou processar seu agente, Marquel Martin, por se envolver em conversas com Nakisa Bidarian, parceiro de negócios de Jake Paul


A relação entre UFC e Francis Ngannou, atual campeão dos pesados da companhia, segue conturbada e novos capítulos surgem a todo momento. Tudo começou quando o lutador cobrou maior reconhecimento e uma valorização financeira. Além disso, o atleta sempre reforçou o interesse em fazer lutas de boxe.

Por outro lado, Dana White, presidente da franquia, rebateu o discurso de ‘The Predator’ e nem lhe deu o cinturão do peso-pesado após sua vitória sobre Ciryl Gane. Mas parece que não parou por aí.

Em declaração ao programa ‘MMA Hour’, Ngannou revelou que o Ultimate ameaçou processar seu agente, Marquel Martin, por se envolver em conversas com Nakisa Bidarian, parceiro de negócios de Jake Paul, um dos principais desafetos de Dana, sobre uma possível luta de boxe.

O africano contou que sua equipe recebeu um e-mail do UFC sobre essa questão poucas horas antes de subir no octógono no último sábado (22).

Vale destacar que não é novidade o interesse de Ngannou em atuar no boxe. Nas últimas semanas, inclusive, o camaronês trocou mensagens com Tyson Fury, multicampeão na nobre arte, em que ambos buscavam um acordo para um duelo no ringue.

“Eles (equipe) me disseram que acabaram de receber um e-mail do UFC dizendo que vão processar o (Martin) por falar com esse cara, Nakisa. Eu fiquei tipo, ‘Quem é Nakisa?’ …Eu fiquei tipo, ‘Ele é o promotor ou algo assim?’”, afirmou Ngannou, antes de rebater o UFC.

“Eu não o conheço (Bidarian). Eu não poderia reconhecê-lo se você o colocasse na minha frente. Em segundo lugar, ele não é o promotor. Não é como se eu não pudesse dialogar com as pessoas sobre boxe. Eu falo sobre boxe o tempo todo”, completou.

Francis Ngannou estreou no UFC em 2015 e, pela maior liga de MMA do mundo, soma 12 triunfos, sendo dez por nocaute, e dois reveses. Em março de 2021, o camaronês chegou ao lugar mais alto do peso-pesado, quando nocauteou o então campeão Stipe Miocic.

Além de superar o americano e agora Gane, seus triunfos mais marcantes da companhia, foram sobre Cain Velásquez, Junior ‘Cigano’ e Alistair Overeem.