<
>

Em português, Chimaev envia mensagem em tom de ameaça para 'Durinho'

Apesar do mistério adotado pelo UFC, Khamzat Chimaev segue tentando encontrar adversários para voltar ao octógono.


E o sueco, que atuou pela última vez em outubro, em Abu Dhabi (EAU), deu continuidade em sua saga para encarar Gilbert Burns. Agora, a promessa do MMA inovou em seu desafio ao ex-desafiante ao título dos meio-médios (77 kg) da companhia.

Em suas redes sociais (veja abaixo), Chimaev, que constantemente mira em ‘Durinho’ e reconhece sua qualidade como lutador, tratou de pesar o clima para um hipotético encontro no octógono e o ameaçou em português. Vale pontuar que, assim como ‘Borz’ expressa seu interesse em medir forças com o brasileiro, o especialista em jiu-jitsu também manifesta sua vontade de bater de frente com o sueco para acabar com sua invencibilidade.

Como a dupla concorda com a realização de um duelo com certa frequência, só falta o sinal positivo do UFC para tirar a luta do papel. Inclusive, Chimaev, recentemente, passou a aperfeiçoar sua trocação na ‘Tiger Muay Thai’, renomada equipe de MMA localizada na Tailândia, e já deixou claro que aceitaria até mesmo atuar no Brasil.

Esteja pronto. Você morre, garoto”, escreveu a promessa do MMA em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Invicto no MMA, Khamzat Chimaev, de 27 anos, possui quatro lutas no UFC e se encontra em 11º lugar no ranking dos meio-médios. O sueco estreou pela organização em 2020 e, até o momento, suas vítimas nela foram sobre John Phillips, Rhys McKee, Gerald Meerschaert e Li Jingliang em sequência. A curiosidade é que ‘Borz’ venceu os dez combates que disputou na carreira pela via rápida (seis por nocaute e quatro por finalização), estatística que prova sua dominância quando atua.