<
>

Tyson Fury convida Ngannou a 'esquecer' Jon Jones e empolga camaronês a fazer até cartaz

play
UFC 270: Ngannou vence Gane na luta agarrada, mantém cinturão e segue à espera de Jon Jones (0:43)

O camaronês segue como campeão da categoria e dá ao rival francês a sua primeira derrota em 11 combates no MMA profissional. (0:43)

Astro do boxe, Tyson Fury deixou o campeão do UFC animado com a possibilidade de duelo


Atual detentor do cinturão peso-pesado do UFC, Francis Ngannou já deixou claro seu desejo de testar suas habilidades no boxe antes de se aposentar. Para isso, o camaronês precisará conseguir uma liberação do Ultimate, o que não parece muito provável, ou até mesmo deixar definitivamente a organização, abrindo mão de seu título. Caso uma das duas hipóteses se concretize, o gigante africano, ao que tudo indica, já tem um ‘parceiro de dança’ para sua estreia na nobre arte, o campeão mundial Tyson Fury.

Pelo ‘Twitter’, Fury parabenizou o camaronês pela defesa de título no último sábado (22), diante de Ciryl Gane, no UFC 270, e aproveitou para, mais uma vez, desafiá-lo. Para persuadir o campeão do UFC, o ‘Gypsy King’, como é conhecido o pugilista inglês, citou a discrepância entre os valores pagos pelo boxe e pelo MMA, mais especificamente o Ultimate.

Vale lembrar que, atualmente, Ngannou trava uma batalha de bastidores com o UFC, pleiteando uma maior valorização salarial. Para registro de comparação, a Comissão Atlética da Califórnia – responsável por regular o UFC 270 – divulgou que o camaronês recebeu 600 mil dólares (R$ 3,2 milhões) por sua apresentação no evento do último sábado, sem contar patrocínios, participação em vendas de pay-per-view e outros bônus não divulgados. Por outro lado, estima-se que Tyson Fury tenha recebido cerca de 30 milhões de dólares (R$ 163 milhões) em seu mais recente compromisso, contra Deontay Wilder.

“Parabéns, Francis Ngannou. Mas se você quiser ganhar dinheiro de verdade venha ver o GK (Gypsy King)”, escreveu Fury, atual campeão mundial peso-pesado pelo Conselho Mundial de Boxe (WBC) e pela ‘The Ring’. Não demorou muito para que Francis Ngannou respondesse ao chamado do pugilista inglês. Também através do ‘Twitter’, o campeão peso-pesado do UFC compartilhou a imagem de uma arte que representaria o pôster do combate entre os dois e com uma ‘previsão’: que o duelo sairia ainda em 2022.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que os astros interagem através das redes sociais ou da imprensa, cogitando um possível combate. Logo após a coroação de Ngannou como novo campeão peso-pesado do UFC, em março do ano passado, ambos trocaram provocações e tornaram público o interesse de medirem forças dentro do ringue.

Agora, entretanto, parece que o clima para que o duelo saia do papel voltou a esquentar, com recentes provocações e desafios.