<
>

Francis Ngannou embolsa R$ 3,2 milhões e lidera lista de salários do UFC 270

play
UFC 270: Ngannou vence Gane na luta agarrada, mantém cinturão e segue à espera de Jon Jones (0:43)

O camaronês segue como campeão da categoria e dá ao rival francês a sua primeira derrota em 11 combates no MMA profissional. (0:43)

Lutador venceu a luta principal diante de Ciryl Gane, no último sábado (22) e manteve o cinturão linear


Primeiro evento numerado do ano, o UFC 270 – realizado no sábado (22), em Anaheim (EUA) – contou com a participação de 22 atletas, dos quais cinco deixaram o octógono com um salário de seis dígitos. Vencedor da luta principal, Francis Ngannou, que superou Ciryl Gane e manteve o cinturão linear dos pesos-pesados, levou para casa a maior bolsa da noite.

Em meio a um imbróglio com o Ultimate, no qual cobra justamente uma maior valorização salarial, Ngannou subiu no octógono do UFC 270 para cumprir sua última luta do contrato com a organização. Pela sua apresentação, o camaronês embolsou 600 mil dólares (cerca de R$ 3,2 milhões), o valor mais alto pago pela liga a um lutador nesta edição.

Adversário de Ngannou na luta principal do evento, Ciryl Gane recebeu 100 mil dólares a menos que o camaronês, o que garantiu a ele cerca de R$ 2,7 milhões na conta bancária. Já os responsáveis pelo co-main event da noite, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno levaram para casa, respectivamente, 150 mil dólares (aproximadamente R$ 818 mil) e 200 mil dólares (R$ 1 milhão). O brasileiro venceu o mexicano e recuperou o cinturão peso-mosca (57 kg) da entidade.

O meio-médio (77 kg) Michel Pereira, que superou o português André Fialho no card principal do UFC 270, completou a lista dos atletas que receberam um salário de seis dígitos no show. O ‘Paraense Voador’ embolsou 100 mil dólares.

A lista completa dos salários pagos aos atletas do UFC 270 foi divulgada pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia logo após a realização do evento. Vale destacar que os valores não representam o verdadeiro valor total ganho pelos lutadores, já que não incluem as remunerações via patrocínio, participação nas vendas do pay-per-view, ou outros tipos de bônus não divulgados.

Confira a lista completa dos salários do UFC 270:

Francis Ngannou: 600 mil dólares

Ciryl Gane: 500 mil dólares

Deiveson Figueiredo: 150 mil dólares

Brandon Moreno: 200 mil dólares

Michel Pereira: 100 mil dólares (50 mil dólares de bônus de vitória)

André Fialho: 12 mil dólares

Said Nurmagomedov: 50 mil dólares (25 mil dólares de bônus de vitória)

Cody Stamann: 65 mil dólares

Michael Morales: 20 mil dólares (10 mil dólares de bônus de vitória)

Trevin Giles: 45 mil dólares

Victor Henry: 40 mil dólares (20 mil dólares de bônus de vitória)

Raoni Barcelos: 29 mil dólares

Jack Della Maddalena: 20 mil dólares (10 mil dólares de bônus de vitória)

Pete Rodriguez: 12 mil dólares

Tony Gravely: 44 mil dólares (22 mil dólares de bônus de vitória)

Saimon Oliveira: 10 mil dólares

Matt Frevola: 46 mil dólares (23 mil dólares de bônus de vitória)

Genaro Valdez: 10 mil dólares

Vanessa Demopoulos: 24 mil dólares (12 mil dólares de bônus de vitória)

Silvana Gomez Juarez: 12 mil dólares

Jasmine Jasudavicius: 20 mil dólares (10 mil dólares de bônus de vitória)

Kay Hansen: 17 mil dólares