<
>

Woodley dispara, diz que Jake Paul venceria estrelas do MMA e defende youtuber após nocaute brutal

play
Deiveson diz que fez 'limpa' em sua equipe após perder cinturão para Moreno: 'Alguns técnicos relaxaram' (2:21)

Lutador brasileiro falou com exclusividade à ESPN (2:21)

Tyron Woodley saiu em defesa do youtuber Jake Paul após o nocaute sofrido e afirmou que o astro da internet venceria estrelas do MMA


Demorou, mas Tyron Woodley aprendeu a respeitar Jake Paul da pior forma possível. Antes de enfrentar o youtuber pela primeira vez no boxe, em agosto, em Cleveland (EUA), o ex-campeão do UFC, constantemente, provocava o adversário e questionava sua qualidade como lutador. Contudo, como ‘The Chosen One’ foi derrotado por decisão dividida e nocauteado de forma brutal pelo astro da internet, em dezembro, mudou sua impressão a respeito do algoz.

Agora, Woodley, que antes era desafeto de Jake, passou a ser um de seus principais defensores. Mesmo com vitórias expressivas contra nomes importantes do MMA, o popular youtuber possui uma grande quantidade de haters e isso reflete no ex-campeão do UFC.

Se o astro da internet segue gerando dúvidas em parte dos fãs e nos atletas, ‘The Chosen One’ é ainda mais criticado pelas derrotas diante do antigo rival. Irritado com o julgamento de uma parcela da comunidade dos esportes de combate, o veterano se pronunciou. Woodley confessou que demorou a admitir que Jake é, de fato, um bom atleta e reconheceu que esse foi um de seus erros quando o enfrentou. E, de acordo com ‘The Chosen One’, não são poucos os profissionais que seguem com a mesma postura. Ciente do atual nível de luta e poder de nocaute do youtuber, o ex-campeão do UFC afirma que seu carrasco no boxe tem total capacidade de continuar crescendo no esporte e, principalmente, de calar os lutadores de MMA, que tanto o menosprezam, nos ringues.

Vale pontuar que essa não foi a primeira vez que o veterano aposta na vitória da celebridade em possíveis duelos contra representantes das artes marciais mistas.

“Muitas pessoas estavam dizendo que perdi para Jake novamente, que fui nocauteado, mas Jake, literalmente, ferraria com muitos de vocês, lutadores de MMA e outras pessoas, que estão apenas falando muito”, declarou o ex-campeão do UFC, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’.

Tyron Woodley, de 39 anos, viveu altos e baixos no MMA. O americano se tornou campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC ao nocautear Robbie Lawler, em 2016, e defendeu o cinturão em quatro oportunidades. No entanto, o atleta entrou em má fase ao perder o título da categoria para Kamaru Usman, em 2019.

Na sequência, o veterano sucumbiu diante de Gilbert ‘Durinho’, Colby Covington, Vicente Luque e foi liberado pela organização. No boxe, ‘The Chosen One’ teve a chance de revitalizar sua carreira, mas foi derrotado por Jake Paul duas vezes. Na primeira, o lutador perdeu por decisão dividida e, na revanche, foi nocauteado brutalmente.

play
1:49

Deiveson revela ansiedade por trilogia com Moreno: 'Quero bater nesse cara, fazer ele pedir pra parar'

Lutador brasileiro falou com exclusividade à ESPN