<
>

Brandon Moreno projeta 'construir legado' nos moscas do UFC: 'Quero limpar a divisão'

play
Brasileiro do UFC, Joanderson 'Tubarão' relembra tempos de briga em baladas: 'Senti uma cadeirada' (1:12)

Joanderson 'Tubarão' concedeu entrevista exclusiva ao ESPN.com.br (1:12)

Mexicano vai fazer sua primeira defesa de cinturão contra o brasileiro Deiveson Figueiredo

No próximo dia 22 de janeiro, Brandon Moreno vai para a sua primeira defesa de cinturão do peso-mosca (57 kg) do Ultimate, quando reencontra o brasileiro Deiveson Figueiredo, na co-luta principal do UFC 270, que acontece na Califórnia (EUA). E antes da trilogia diante do seu rival, o mexicano deixou claro seus planos para sua sequência na liga.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o detentor do título revelou sua meta de seguir no topo da divisão por muitos anos. De acordo com Moreno, o próximo embate com Deiveson é o pontapé inicial para construir seu legado na categoria do UFC.

“Antes de conquistar o cinturão, o meu foco era só ser campeão, vencer Deiveson Figueiredo e ser o primeiro campeão mexicano do UFC. Agora preciso fazer meu legado e defender meu título. Quero limpar a divisão. Sei que não será uma tarefa fácil, porque temos muitos caras na divisão famintos. Mas eu estou preparado para o desafio”, disse.

Brandon Moreno, de 27 anos, iniciou sua trajetória no esporte em 2011 e, antes de se tornar campeão do peso-mosca do UFC, conquistou o título da categoria no LFA. O cartel profissional de ‘The Assassin Baby’ na modalidade é composto por 19 vitórias, cinco derrotas, dois empates e seus triunfos de maior destaque foram diante de Brandon Royval, Deiveson Figueiredo, Dustin Ortiz, Jussier ‘Formiga’ e Kai Kara-France.