<
>

Dana White se irrita com Cejudo após atleta insistir para encarar Volkanovski

Todo-poderoso do UFC mandou um recado direto ao norte-americano após nova insistência em voltar ao octógono


Parece que o plano de Henry Cejudo de deixar a aposentadoria em busca de um terceiro cinturão do UFC não será tão simples. O americano, que anunciou sua retirada do esporte em maio de 2020, costuma flertar com um retorno à modalidade, mas para atuar no peso-pena (66 kg) e direto pelo título, que está em posse do australiano Alexander Volkanovski, seu principal alvo. Ciente do desejo de ‘Triple C’, Dana White, presidente da companhia, desferiu duras palavras ao seu ex-lutador.

Em entrevista ao site ‘BT Sport’, o mandatário da organização deu um recado claro ao americano e, no que depender do dirigente, Cejudo não terá vida fácil se quiser retornar ao UFC. O dirigente avisou o ex-campeão do peso-mosca (57 kg) e do peso-galo (61 kg) da companhia para esquecer a ideia de voltar ao octógono sendo premiado com a disputa de cinturão no peso-pena.

“Ele está aposentado. Ele está fora há quantos anos e quer entrar e lutar contra Alexander Volkanovski? Você tem caras como o ‘Zumbi’, Josh Emmett, Giga (Chikadze) que está lutando neste fim de semana. Você tem esses caras que estão aqui fazendo isso três vezes por ano. Você tem esses caras que estão aqui fazendo isso três vezes por ano e trabalhando seu caminho para o topo da divisão. Não dá para Cejudo se aposentar e depois pensar que poder entrar em qualquer divisão de peso e enfrentar o campeão, não é assim que funciona”, disparou o mandatário.

Henry Cejudo, de 34 anos, marcou época no UFC. O wrestler americano foi um dos poucos lutadores que conseguiu alcançar o status de campeão duplo da maior organização de MMA do mundo.

‘Triple C’ estreou no esporte em 2013 e saiu dele em 2020. Seu cartel profissional no MMA profissional é composto por 16 vitórias e duas derrotas. Além disso, o atleta foi medalhista de ouro no wrestling na Olimpíada de 2008.