<
>

UFC: Jennifer Maia mira nova disputa do cinturão do peso-mosca e elogia lenda: 'A maior'

Brasileira quer novamente disputar o título que vale o cinturão do peso-mosca com a campeã Valentina Shevchenko


Neste sábado (15), Jennifer Maia vai atuar no UFC Vegas 46 contra Katlyn Chookagian, uma velha conhecida, e o duelo é de extrema importância para o peso-mosca (57 kg). Como o embate coloca frente a frente duas integrantes do top-5 da categoria, a imprensa especializada especula que a vencedora ficará próxima de disputar novamente o título da divisão e a brasileira não esconde que busca reencontrar a campeã Valentina Shevchenko no octógono.

Em 2020, Jennifer aceitou a dura missão de enfrentar a favorita ‘Bullet’ e, de fato, foi derrotada, porém chegou a surpreender a campeã do peso-mosca do UFC no primeiro round e conseguiu levar o encontro para a decisão dos juízes. Mesmo com o resultado adverso, a brasileira foi elogiada pela própria Valentina, por Dana White, líder da organização, e por parte dos fãs. No ‘media day’ da edição ‘Vegas 46’, realizado na última quarta-feira (12), em Las Vegas (EUA), e que contou com a presença da reportagem da Ag. Fight, a veterana confessou que o revés lhe transformou em uma lutadora melhor e mais confiante.

Como se encontra no quarto lugar no ranking do peso-mosca do UFC e Chookagian é dona da segunda posição, um triunfo pode ser suficiente para a brasileira garantir uma nova chance de disputar o título da divisão. Apesar do respeito que possui por Valentina, devido ao resultado da primeira luta e pela trajetória da campeã ao longo dos anos no esporte, Jennifer ressalta que esta não é imbatível. Após lidar com ‘Bullet’ e ser reconhecida por ela como uma oponente digna, a curitibana indicou que está próxima de obter a revanche e justificou seu pensamento ao lembrar que foi uma das poucas atletas que não temeu e conseguiu competir com a lenda do MMA.

“Fiquei muito triste por ter perdido, porque um dos meus maiores sonhos é ser campeã, mas, com o passar do tempo, comecei a ver a luta, ver que fiz uma grande luta contra a maior, uma das maiores lutadoras da história, então isso me alavancou a continuar. Gosto muito do que faço, amo lutar. Gosto da trajetória, de fazer o camp, de ter que bater o peso. Isso me motiva a conquistar meu objetivo que ainda é ser campeã. Pelo histórico de ter sido uma das únicas oponentes que fez cinco rounds duros com a Valentina, acredito que posso ser a próxima sim”, analisou Jennifer.

Atualmente, Jennifer Maia, de 33 anos, vem embalada pela vitória sobre Jessica Eye, em duelo realizado em julho, e ocupa a quarta posição no ranking do peso-mosca do UFC. Pela companhia, a atleta venceu quatro combates e perdeu três vezes. Além de ser ex-campeã da categoria quando atuava pelo Invicta FC, a brasileira possui triunfos marcantes diante de Alexis Davis, Jéssica Andrade, Jessica Eye, Joanne Calderwood e Roxanne Modafferi (duas vezes).