<
>

Ngannou mostra respeito por astros do boxe enquanto estuda estreia nos ringues

Ao que parece, Francis Ngannou não vai desistir da ideia de se testar no boxe.


O camaronês, campeão do peso-pesado do UFC, se prepara para colocar o título da categoria em jogo pela primeira vez contra Ciryl Gane, na edição de número 270, que acontece no dia 22 de janeiro, na Califórnia (EUA), porém, como é fã da nobre arte, ignora o atual adversário e já analisa o cenário que pode encontrar em sua possível aventura no novo esporte.

Em seu canal oficial no YouTube, Ngannou mostrou ter conhecimento do que acontece no peso-pesado do boxe e enalteceu os grandes nomes da categoria. De acordo com o campeão do UFC, Anthony Joshua, Deontay Wilder e Tyson Fury são suas referenciais atuais e, apesar do respeito que possui pelo trio, não esconde seu interesse em enfrentar os astros dos ringues. Como ‘The Predator’ está em rota de colisão com o Ultimate e seu futuro na organização é incerto, a tendência é que o mesmo se aproxime cada vez mais da nobre arte.

Vale lembrar que, antes de se tornar campeão do peso-pesado do UFC, o camaronês revelou que seu sonho nunca foi ser um lutador de MMA e sim de boxe. Inclusive, Ngannou e Fury já combinam a realização de um possível duelo. A curiosidade é que ‘The Predator’ visa trocar o esporte no qual se destaca para desenvolver sua carreira nos ringues e o britânico, constantemente, expressa sua vontade de atuar, ao menos uma vez, nas artes marciais mistas.

“Fury, acho que ele é o melhor boxeador desta época, sem dúvida. Ele provou seu ponto ao atrair pessoas como Wilder. Ele lutou com esse cara três vezes. Wilder é bom, tem mãos pesadas, gosta de trash talk também, é quase a mesma coisa que Lewis. Joshua é um cara muito legal, muito bom. Tenho observado Joshua há muito tempo”, comentou o campeão do UFC, antes de completar.

“Ele é um boxeador muito bom, com muita habilidade e bom físico. Pessoalmente, não o conheço, mas direi que é um cara legal pelo que vi até agora. Ele é muito explosivo e bate forte. Assisti a algumas de suas lutas. Mesmo quando ele lutou contra Klitschko, mostrou que pode acertar e receber socos também, que tem um queixo muito bom”, concluiu.

Francis Ngannou, de 35 anos, estreou pelo UFC em 2015, venceu grandes nomes do MMA e se tornou um dos lutadores mais assustadores do esporte. Pela organização, ‘The Predator’ nocauteou Alistair Overeem, Andrei Arlovski, Cain Velasquez, Curtis Blaydes (duas vezes), Jairzinho Rozenstruik, Júnior ‘Cigano’ e Stipe Miocic. O campeão do peso-pesado já é apontado por parte dos fãs e da imprensa especializada como um dos principais atletas da história da categoria por conta de seu porte físico e poder.