<
>

Dana rebate agente, revela encontro com Ngannou e projeta renovação de contrato

play
Glover relembra ser subestimado por começo nas lutas aos 22 anos: 'Nunca vai ser campeão do UFC, está velho' (2:02)

Lutador do UFC concedeu entrevista exclusiva ao ESPN.com.br (2:02)

Presidente do UFC, Dana White falou sobre o encontro que teve com o campeão Francis Ngannou


Após a revelação do empresário de Francis Ngannou, que seu agenciado ainda não havia sido procurado pelo UFC, mesmo com seu contrato com a companhia perto do fim, Dana White, presidente da organização, tratou de amenizar a situação. O dirigente fez questão de tranquilizar os fãs do camaronês sobre sua permanência no Ultimate.

Em aparição ao programa ‘The Fight with Teddy Atlas’, o mandatário adiantou que, ao contrário do que foi noticiado, teve sim uma conversa com o atual campeão linear do peso-pesado da franquia e se mostrou confiante para um final feliz para ambos.

“Francis e eu nos encontramos outra noite. Tivemos uma boa conversa. E ele não ficará sem contrato se vencer a luta (contra o Gane). Acho que ele tem mais uma luta com a gente depois disso. Acho que Francis e eu tivemos uma boa conversa”, afirmou.

O imbróglio entre Ngannou e UFC também deve-se muito pela relação entre Marquel Martin, agente do atleta, e Dana. Nos últimos meses os dois têm trocado ofensas e, por isso, o futuro do peso-pesado no Ultimate sempre ficou em xeque. Sendo assim, depois de revelar a conversa com o lutador, o cartola da franquia alfinetou seu desafeto.

“Acho que Francis foi enganado por algumas pessoas que não são muito brilhantes. Isso também não ajuda. Quando você tem algumas pessoas atrás de você que não têm a menor ideia do que estão falando. Isso não ajuda a situação”, disparou, antes de concluir.

“Ao contrário da narrativa que dizem por aí, nós tornamos muitas pessoas muito ricas. (Mas) Se você não quer estar aqui, isso não é divertido para você e definitivamente não é divertido para mim também. Todos são homens e mulheres adultos, e cada um tem que tomar suas próprias decisões na vida”, finalizou o presidente do UFC.

No MMA profissional desde 2013, Francis Ngannou chegou ao topo da divisão em março deste ano, quando nocauteou o então campeão Stipe Miocic, no UFC 260, no segundo round. Este resultado coroou a fase do camaronês, que até superar o americano, havia vencido Curtis Blaydes, Cain Velásquez, Junior ‘Cigano’ e Jairzinho Rozenstruik.