<
>

Dana White afirma que lutadores do UFC estão com medo de Chimaev

Constantemente, Khamzat Chimaev expressa sua vontade de lutar ao lançar diversos desafios aos demais atletas do UFC, porém raros são os profissionais que se colocam à disposição para enfrentá-lo.


Dessa forma, o talentoso sueco, ainda invicto no MMA, aproveita para se gabar, já que aponta que a concorrência nos meio-médios (77 kg) e no peso-médio (84 kg) está com medo de encará-lo e Dana White concorda com tal afirmação.

Ao participar do podcast ‘The Jim Rome’, o líder do UFC enalteceu Chimaev por suas impressionantes apresentações no octógono e afirmou que parte dos lutadores está com medo de medir forças com o mesmo.

Experiente no cenário do MMA, o cartola já lidou com diversos tipos de atletas e viu o hype de promessas do esporte não se confirmar, mas classificou ‘Borz’ como um profissional diferente e especial.

Vale destacar que o sueco choca a comunidade do MMA a cada aparição ao dominar seus adversários, sem ser tocado pelos mesmos. Não à toa, após disputar quatro combates pela organização, Chimaev, rapidamente, cresceu nos meio-médios e passou a integrar o top-15 da categoria.

“Chimaev é um dos caras mais perigosos que já conheci. Ele está literalmente disposto a lutar contra qualquer um e não se importa com o prazo ou qualquer uma dessas coisas. Ele é um dos caras mais malvados que eu já conheci. Ninguém quer lutar contra esse cara. Todos querem sair nas redes sociais e dizer isso ou aquilo, mas, na verdade, ninguém está tentando lutar contra Chimaev”.

“Eu não os culpo, mas, no final do dia, quando você é um lutador profissional, isso é o que você faz. Você deve olhar para um cara com tanto hype como Chimaev como uma grande oportunidade. 100% que os caras têm medo dele”, declarou o líder do UFC.

Invicto no MMA, Khamzat Chimaev, de 27 anos, possui quatro lutas no UFC e se encontra em 11º lugar no ranking dos meio-médios. O sueco estreou pela organização em 2020 e, até o momento, suas vítimas nela foram sobre John Phillips, Rhys McKee, Gerald Meerschaert e Li Jingliang em sequência.

A curiosidade é que ‘Borz’ venceu os dez combates que disputou na carreira pela via rápida (seis por nocaute e quatro por finalização), estatística que prova sua dominância quando atua.