<
>

Dana White confirma Gaethje como próximo desafiante ao título dos leves do UFC

Depois de muito reclamar no UFC, Justin Gaethje, finalmente, tem motivos para sorrir. O americano chegou a afirmar que a organização o ignorou da disputa o cinturão vago do peso-leve (70 kg), em maio, em Houston (EUA), e, após superar Michael Chandler, em novembro, em Nova York (EUA), prometeu fazer uma rebelião, caso não lute contra o campeão pelo título da categoria na sequência dos eventos. Percebendo a insatisfação de ‘The Highlight’ na companhia, Dana White acalmou o lutador e lhe deu uma boa notícia.

Ao participar do podcast ‘The Jim Rome’, o líder do Ultimate confirmou Gaethje como próximo desafiante ao título do peso-leve contra o vencedor do aguardado duelo entre o campeão Charles Oliveira e Dustin Poirier, ex-detentor do cinturão interino da categoria, no UFC 269, evento que acontece no dia 11 de dezembro.

Como Dana premiou o americano, o provável confronto envolvendo Beneil Dariush e Islam Makhachev, números três e quatro no ranking da divisão, respectivamente, ficou em segundo plano.

A curiosidade é que Gaethje acabou de voltar ao caminho das vitórias, enquanto Makhachev venceu nove combates seguidos e Dariush levou a melhor em sete duelos consecutivos. No entanto, ao contrário da dupla opositora, o americano é popular, possui um estilo de luta empolgante, é ex-campeão interino do peso-leve e apresenta em seu currículo mais bônus do que aparições no UFC. Sendo assim, Dana se rendeu aos pedidos de ‘The Highlight’ e do empresário Ali Abdelaziz e definiu seu futuro.

“Sim, ele é o próximo. Contanto que todos estejam saudáveis ​​e tudo corra bem, deveria ser ele, saindo de uma das maiores lutas que alguém já viu na vida”, decretou o líder do UFC.

Como levou a melhor contra Michael Chandler em uma verdadeira guerra no octógono, Justin Gaethje se aproximou de disputar o cinturão linear do peso-leve do UFC pela segunda vez. Além disso, o ex-campeão interino da categoria, de 33 anos, é considerado pela comunidade do MMA um dos atletas mais empolgantes do esporte por conta de seu estilo de luta agressivo e poder dos golpes.

O americano chegou ao UFC em 2017, realizou nove combates, venceu seis, sendo cinco por nocaute, virou colecionador de bônus e perdeu três vezes. Atualmente, ‘The Highlight’ ocupa a segunda posição no ranking da divisão e possui triunfos marcantes sobre Donald Cerrone, Edson Barboza, Michael Chandler e Tony Ferguson.