<
>

UFC: Aldo cita Jordan, diz que já errou como Andreas e absolve meia do Flamengo

play
José Aldo relembra episódio da carreira no UFC, cita Michael Jordan e dá conselho a Andreas Pereira: 'Sempre honrou o manto' (2:09)

Lutador do UFC é flamenguista e falou sobre o erro do jogador na final da Libertadores (2:09)

Lenda do UFC, José Aldo é torcedor fanático do Flamengo e foi até Montevidéu com a família acompanhar a final da Libertadores


José Aldo volta ao octógono neste sábado, em Las Vegas, contra Rob Font, no UFC. O brasileiro busca se aproximar novamente de uma chance de título do peso galo e manter viva a sequência de duas vitórias no Ultimate.

Uma de suas paixões é o Flamengo. E Aldo estava no último sábado no estádio Centenário, em Montevidéu, acompanhando o clube na final da Conmebol Libertadores contra o Palmeiras, vencida pelos paulistas por 2 a 1 na prorrogação.

Assim como a maioria da torcida, José Aldo, até por entender que derrotas fazem parte da vida de um atleta, não crucificou Andreas Pereira pelo erro crucial que gerou o gol da vitória palmeirense.

"Ele é o nosso jogador mais regular hoje. Desde que vestiu nosso manto rubro-negro deu seu melhor. É um esporte, infelizmente alguém tem que errar", disse Aldo, à ESPN.

O "campeão do povo" relacionou o erro de Andreas com sua derrota para Conor McGregor em 13 segundos no UFC 194.

"Pelo fato de eu ter passado por isso, era o campeão e perdi para o Conor num vacilo meu, perdi um titulo...É continuar trabalhando. Se a gente for ver a história de Michael Jordan, todo mundo errou bastante, às vezes erraram muito mais do que acertaram. Isso sempre vai acontecer em nossas vidas", completou.