<
>

Fabrício Werdum aposta em vitória de Gane sobre Ngannou no UFC 270

Ex-campeão do UFC acredita em um leve favoritismo do francês, atual detentor do cinturão interino


No dia 22 de janeiro, o Ultimate vai coroar seu campeão unificado da categoria peso-pesado. Francis Ngannou, dono do título linear, mede forças contra Ciryl Gane, detentor do cinturão interino, na luta principal do UFC 270, que acontece na Califórnia (EUA). Quem já viveu cenário similar na organização foi Fabricio Werdum e, por isso, o brasileiro não se esquivou de dar sua opinião sobre o que esperar deste confronto.

Em 2014, Werdum conquistou o título interino ao nocautear o neozelandês Mark Hunt e, no ano seguinte, unificou os cinturões ao finalizar o americano Cain Velásquez, até então campeão linear da categoria. Dessa maneira, em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o brasileiro, experiente neste assunto, apostou em triunfo de Gane.

“É uma luta muito boa porque os dois treinavam juntos antes. Teve aquele vídeo que saiu do sparring deles, e o francês parecia melhor. O campeão Francis Ngannou é muito bom, obviamente. Ele é muito forte e impressionante. Não acho ele um lutador muito completo, mas ele é o campeão, então fica difícil criticá-lo”, analisou.

Acho que o Gane pode surpreender o Ngannou porque é muito consciente, luta bem e tranquilo. Ngannou está calmo, mas pode ser um pouco emotivo. Ele vai ter que tomar cuidado. Vai ser uma luta muito boa, mas aposto no francês. Ele é inteligente, calmo, controla a luta, administra bem a distância. Eu não acho que ele vai nocautear Ngannou, mas eu o vejo ganhando por pontos”, completou o ‘Vai Cavalo’.

Fabrício Werdum possui feitos importantes no MMA e é considerado por parte dos fãs como um dos melhores pesos-pesados de todos os tempos. ‘Vai Cavalo’ foi o único atleta a finalizar Cain Velasquez, Fedor Emelianenko e Rodrigo ‘Minotauro’. O brasileiro, que iniciou sua trajetória no esporte em 2002 e integrou organizações importantes da modalidade como Pride FC, Strikeforce e UFC, disputou 34 lutas, venceu 24, sendo 12 por finalização, perdeu nove, empatou uma vez e tem um ‘No Contest’.