<
>

Kamaru Usman recorda única derrota na carreira e admite: 'Me senti tão inútil'

Kamaru Usman perdeu apenas uma luta na carreira


Atualmente, Kamaru Usman é apontado por parte da comunidade do MMA como o melhor lutador do UFC. A justificativa para essa afirmação é a dominância do competidor nos meio-médios (77 kg), categoria onde é campeão e não possui derrotas pela liga. Entretanto, o nigeriano explicou o que o motivou para chegar neste patamar no esporte.

A virada de chave de Usman começou em 2013, quando foi finalizado por José Caceres com um mata-leão no primeiro round, no CFA 11. Este, inclusive, é o seu único revés no MMA profissional, em 21 apresentações. Ao participar do podcast ‘Full Send’, o campeão dos meio-médios do UFC relembrou a decepção com sua performance neste combate e afirmou que usou tal frustração para evoluir ainda mais como lutador.

“Assim que eu bati, eu me senti tão inútil. Pensei: ‘Oh, não só desisti, como desisti de mim mesmo, desisti do meu sonho, desisti de tudo’. Depois disso, eu falei: ‘Nunca mais vou me sentir assim de novo'”, afirmou o competidor, antes de concluir.

“No meu retorno, eu só pensava: ‘Preciso aprender tudo sobre este esporte se eu quiser ser campeão’. Eu tirei uma semana de folga, voltei na semana seguinte, comprei um quimono, e treinava jiu-jitsu toda segunda, quarta e sexta”, completou Usman, que depois deste revés, mostrou um jogo de solo bastante afiado e engatou uma série de 19 vitórias.

Kamaru Usman, de 34 anos, atravessa seu melhor momento na carreira e lidera o ranking peso-por-peso do UFC. O nigeriano estreou pela maior organização de MMA em 2015, disputou 15 lutas e venceu todas. Em 2019, o competidor conquistou o título dos meio-médios e, desde então, defendeu sua coroa em cinco oportunidades.