<
>

UFC: Blachowicz impõe condição para dar revanche para Adesanya nos meio-pesados

play
'O UFC não deu escolha': desafiante ao cinturão acusa Usman de fugir da revanche e desabafa (0:53)

Colby Covington disputa o cinturão dos meio-médios contra Kamaru Usman no UFC 268 em 6 de novembro (0:53)

Blachowicz impõe condição para dar revanche para Adesanya no cinturão dos meio-pesados do UFC


Após Jon Jones abandonar o cinturão dos meio-pesados (93 kg) do UFC, Jan Blachowicz se tornou campeão da categoria, defendeu o título uma vez e nunca negou um bom desafio. Agora, o polonês se prepara para encarar Glover Teixeira, na edição de número 267, que acontece neste sábado (30), em Abu Dhabi (EAU), mas já observa possíveis adversários para a sequência de seu reinado na divisão. Um deles pode ser um velho conhecido.

Em entrevista ao canal do ‘YouTube’ South China Morning Post’, Blachowicz se mostrou aberto para conceder a revanche para Israel Adesanya, mas, ao mesmo tempo, deixou claro que o campeão do peso-médio (84kg) do UFC terá que merecer o status de desafiante ao título dos meio-pesados. Após o nigeriano expressar o interesse em conquistar o segundo cinturão em uma categoria diferente, a companhia anunciou que o atleta faria uma superluta com o polonês, líder da divisão.

Em março, os atletas se enfrentaram e, na ocasião, Blachowicz defendeu o cinturão dos meio-pesados pela primeira vez ao vencer Adesanya por decisão unânime, após controlar o adversário na base do aspecto físico e do grappling. Como foi superior de forma clara, o campeão da categoria tranquilizou os demais competidores dela. De acordo com o polonês, ‘The Last Stylebender’ só disputará o título da divisão se vencer lutas nela, negando que o mesmo vá desafiá-lo de forma direta novamente.

“Sim. Por que não? É possível. Mas, primeiro de tudo, se ele passar pela minha categoria, agora terá que fazer algumas lutas. Não é apenas tentar de novo. Não para o título. Primeiro, ele vai precisar vencer talvez dois, três lutadores nos meio-pesados e então talvez o UFC lhe dê a chance de disputar o título, mas não imediatamente. Eu vi tudo que ele fazia no octógono. Ele é rápido, complicado, mas vi praticamente tudo. O que fiz na academia deu certo no octógono. Isso foi o mais importante. Foi um prazer vencer essa luta”, decretou o campeão dos meio-pesados do UFC.

Jan Blachowicz, de 37 anos, é um veterano do MMA e campeão de organizações como o UFC e KSW. No esporte desde 2007, o polonês disputou 36 lutas, venceu 28 e perdeu oito vezes. Seus triunfos de maior destaque na modalidade foram diante de Corey Anderson, Dominick Reyes, Israel Adesanya, Jared Cannonier, Luke Rockhold e Ronaldo ‘Jacaré’.