<
>

UFC: Técnico de Vettori diz o que atrapalhou Borrachinha e abre as portas de academia ao brasileiro

Rafael Cordeiro, eleito múltiplas vezes o melhor técnico de MMA do mundo, treina o italiano no UFC


Eleito múltiplas vezes o melhor técnico de MMA do mundo, o brasileiro Rafael Cordeiro ficou feliz, mesmo que à distância, ao ver seu pupilo Marvin Vettori vencer Paulo Borrachinha no último sábado no UFC.

Cordeiro, da renomada academia Kings MMA, apontou os fatores que favoreceram o italiano na luta.

"Foi uma semana atípica pra ele (Borrachinha) e o Marvin ganhou confiança. Ele tentando baixar peso e o Marvin vinha do treino. A semana dele, uma semana tão conturbada, ele pisa no octógono e vai direto para o Marvin, teve a dedada no olho também, acredito que essa sequência de coisas foram importantes para o Marvin, encheu ele de energia", disse Cordeiro, ao canal "Portal do Vale Tudo", no YouTube.

Borrachinha vive uma situação inédita na sua carreira no MMA, com duas derrotas consecutivas (Adesanya e Vettori), após ganhar 13 lutas seguidas para iniciar seu cartel. O brasileiro chegou na semana da luta completamente acima do peso da categoria dos médios (84kg) e ambos tiveram que fazer o combate na categoria do meio pesado, até 93kg.

Cordeiro abriu as portas de sua academia para o brasileiro, caso ele queira.

"(Borrachinha) seria bem aceito, bem recebido, como qualquer atleta. Só teria que se adaptar a um território onde todos vão estar se dando um para o outro, dando o melhor, se puxando, não é um lugar onde só vai estar ganhando. Todo mundo é bem-vindo na Kings, desde que chegue com uma boa energia. Pessoas com esse espírito são mais do que bem-vindas. O Borrachinha, o dia que quiser fazer parte da academia, seria muito bem-vindo".