<
>

Borrachinha reclama de decisão dos juízes em derrota para Vettori: 'Realmente acredito que ganhei'

play
UFC: Borrachinha faz 'guerra' de 5 rounds contra Vettori, mas é derrotado; VEJA como foi (1:34)

Até o fim do domingo (24) tem Star+ Acesso Livre!. Esporte AO VIVO, séries e filmes. Clique aqui e aproveite de graça toda a programação. (1:34)

Brasileiro lamentou a decisão dos juízes, que deram a vitória para o italiano de maneira unânime


Neste sábado, Paulo Borrachinha retornou ao octógono do UFC e foi derrotado por Marvin Vettori por decisão unânime (48-46, 48-46, 48-46). Na entrevista coletiva após a luta, o brasileiro reclamou bastante do resultado e cobrou os árbitros.

Começou! Até meia noite de domingo (24) tem Star+ Acesso Livre. Muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Clique aqui e aproveite de graça toda a programação.

"Fisicamente estou bem, só meu pé que parece um balão. Meu pé parece um balão. Chutei bastante ele, na cabeça, no corpo. Por isso que meu pé está assim. Acho que o braço esquerdo dele deve estar assim também, o corpo. Cara, eu realmente não entendo porque os juízes viram esse resultado. Eu realmente acredito que ganhei", disse o brasileiro.

Na sequência, Borrachinha também criticou a decisão de Jazon Herzog, juiz do octógono, de deduzir um ponto após o brasileiro acertar uma dedada no olho do italiano.

"O juiz é muito bom, não entendo por que tirou um ponto de mim na primeira parada. Não foi intencional. Por que tirar um ponto logo na primeira? Realmente não entendo isso. Marvin acertou um golpe baixo em mim com uma joelhada no s**, eu vi o juiz indo parar e eu falei que poderia continuar. Poderia ter parado e falar que senti, pedir um ponto a menos para ele. Estou desapontado porque acho que ganhei, mas Marvin fez um excelente trabalho", finalizou.

play
1:34