<
>

Michael Bisping, ex-UFC, 'detona' McGregor por suposta agressão a DJ em boate: 'Se meta com alguém do seu tamanho'

Michael Bisping não poupou críticas a McGregor pela suposta agressão ao DJ Francesco Facchinetti em uma boate da cidade de Roma, na Itália


Como era de se esperar, o mais recente episódio polêmico no qual Conor McGregor se envolveu fora dos octógonos repercutiu também dentro da comunidade do MMA. A suposta agressão do ex-campeão do UFC ao DJ Francesco Facchinetti em uma boate da cidade de Roma, na Itália, da qual o irlandês foi acusado pelo próprio músico, foi tema de discussão no canal do Youtube do ex-lutador inglês Michael Bisping.

Em um vídeo publicado nesta segunda-feira (18) no canal, Bisping criticou duramente a postura de McGregor fora dos octógonos e questionou o motivo do irlandês sempre optar por se envolver em brigas contra pessoas comuns, sem treinamento profissional nas artes marciais e fisicamente inferiores a ele. Vale lembrar que, além do suposto episódio de agressão ao DJ italiano, que teria acontecido no último final de semana, Conor já esteve no meio de outros casos semelhantes nos últimos tempos.

Em 2019, em um bar no seu país natal, o irlandês socou um senhor de idade por, supostamente, o homem ter negado uma dose de seu uísque (Proper Twelve). Pelo episódio, McGregor foi condenado a pagar uma multa de mil euros pela Justiça local. Mais recentemente, o ex-campeão do UFC se envolveu em uma altercação com o cantor Machine Gun Kelly, no tapete vermelho do "MTV Music Video Awards", tradicional premiação musical norte-americana. A discussão não chegou a se tornar física, mas o destempero do lutador foi notícia no mundo.

“Eu não sou um fã desse cara [Conor McGregor], sabe? Eu não acho que alguém seja fã desse cara, e acho que em breve ele vai perder a energia. O trem vai perder a força, sabe o que eu quero dizer? Não pode continuar como está e um dia ele vai se meter com a pessoa errada, e, a propósito, o senhor de idade no bar, Machine Gun Kelly e DJ Francesco Facchinetti, esses não são caras durões”, disparou Bisping, antes de continuar.

“Eu não estou tentando soar como durão, mas ele não vai se meter com alguém como eu. Francesco Facchinetti parece que não conseguiria se virar em uma briga com uma bolsa de papel molhada. Machine Gun Kelly parece o maior fracote que você já viu na vida, e o velho no bar é um velho no bar. Se você é tão f***, vá e se meta com alguém do seu tamanho, porque alguém que não é do seu tamanho não é tão difícil, né? Se mete com alguém que saiba lutar. Você é um lutador profissional. Você deveria estar procurando por desafios, mas ele se transformou essencialmente em um bully [valentão] e ninguém gosta de um bully”, finalizou o inglês.

No último domingo (17), o DJ Francesco Facchinetti – através de sua conta no Instagram – acusou Conor McGregor de tê-lo agredido com um soco dentro de uma boate na Itália. O músico ainda mostrou os ferimentos na sua boca e no seu nariz, que teriam sido causados pelo ataque desferido pelo ex-campeão do UFC, e afirmou que a agressão teria ocorrido sem motivo aparente, já que o clima entre ambos era bom até o fatídico momento de explosão do lutador, a quem o italiano classificou como “uma pessoa violenta e perigosa”.