<
>

Estrela do boxe ganha banco com desenho de nocaute em cima de maior rival: 'Sentar na cara dele'

No próximo sábado (9), Tyson Fury e Deontay Wilder farão a terceira luta da trilogia entre os dois e sacramentarão o destino de uma das maiores rivalidades do boxe mundial. Como toda grande rivalidade, a semana pré-luta está cheia de provocações e, nesta quarta-feira, foi a vez de Fury cutucar seu adversário.

Em uma publicação no Instagram da Top Rank, companhia que representa o atual dono do cinturão da WBC e do The Ring nos pesados, Fury apresentou o banco que usará para sentar durante os rounds da luta. O assento tem uma montagem de Wilder nocauteado para que "o inglês sente na cara do seu rival".

"É uma tradição desde que a Top Rank e Fury formaram uma parceria anos atrás, fazer os bancos para suas lutas. Tyson tem 2,05m de altura, o banco tradicional de 45 centímetros faz ele abaixar muito e forçar o joelho para voltar então tentamos aliviar essa pressão e esse desconforto de subir e descer, então fizemos um banco que tem 76 centímetros. Depois dele acabar de socar o "Big Dosser" Wilder, ele vai sentar na cara dele", explicou Frank Stea, representante da Top Rank.

Na primeira luta entre os dois, em dezembro de 2018, o resultado foi um controverso empate. No segundo embate, em fevereiro de 2020, Fury venceu por nocaute técnico no 7º round e ficou com os dois cinturões que possui até hoje. No próximo sábado, os dois se enfrentam com o inglês colocando as cintas em jogo.