<
>

De La Hoya 'esquece' Belfort, desafia Mayweather e faz oferta milionária por luta de boxe

play
UFC: após ter a boca completamente destruída, lutador mostra dentes 'arrumados' e agradece apoio; VEJA! (0:20)

Devin Clark mostrou o resultado após ter os dentes colocados no lugar (0:20)

Aparentemente, Oscar De La Hoya e os dirigentes da ‘Triller’ ainda não tiveram tempo de sentar para conversar e alinhar seus discursos. Enquanto a companhia – através de seu CEO, Ryan Kavanaugh – diz ter planos de remarcar o duelo entre o ‘Golden Boy’ e o brasileiro Vitor Belfort, o ex-campeão mundial de boxe parece ter outro alvo em mente.

Ao site ‘TMZ Sports’, De La Hoya revelou que pretende encarar o também ex-campeão mundial Floyd Mayweather e adiantou que está pronto para oferecer 100 milhões de dólares (cerca de R$ 532 milhões) para que ‘Money’ aceite o desafio. Curiosamente, a declaração chega poucas horas após o dirigente máximo da ‘Triller’ afirmar – em entrevista ao ‘MMA Hour’ – que tentará remarcar o confronto entre o ‘Golden Boy’ e o ex-UFC Vitor Belfort.

Originalmente marcado para o último dia 11 de setembro, o duelo precisou ser cancelado de última hora após De La Hoya contrair COVID-19. A ideia do CEO da ‘Triller’ é remarcar a luta para o final de semana de ‘Ação de Graças’ nos Estados Unidos, em novembro.

“Vocês sabem quem eu vou desafiar para a minha próxima luta? Floyd Mayweather. Eu vou oferecer 100 milhões de dólares para Floyd Mayweather”, revelou De La Hoya.

Aos 48 anos, Oscar De La Hoya não compete profissionalmente desde 2008, quando foi superado por Manny Pacquiao. No total, o veterano possui um cartel de 39 vitórias e seis derrotas. Já Floyd Mayweather, de 44 anos, fez sua última luta profissional em 2017, ao vencer o irlandês Conor McGregor, ex-campeão do UFC, ampliando seu invicto currículo para 50 triunfos. Desde então, ‘Money’ participou apenas em combates de exibição. O mais recente deles diante do youtuber Logan Paul, em junho deste ano, no qual após oito rounds disputados a peleja terminou sem vencedor.