<
>

Luta entre Vitor Belfort vs De La Hoya pode ser remarcada para novembro, revela CEO da Triller

play
Jake Paul diz que Belfort está 'desesperado por atenção' e descarta luta: 'Está velho e acabado' (1:28)

'Vitor Belfort está implorando para lutar comigo desde 2017', disse Jake Paul | CLIQUE AQUI e assista ao SportsCenter AO VIVO pela ESPN no Star+ (1:28)

Ao que tudo indica, o duelo entre Oscar De La Hoya e Vitor Belfort segue nos planos da "Triller", companhia que tem movimentado o mundo do boxe nos últimos tempos. Agendado originalmente para o dia 11 de setembro, e cancelado de última hora após o americano contrair COVID-19, o confronto entre a lenda da nobre arte e o ex-campeão do UFC pode ser remarcado para o fim de semana do "Thanksgiving" (Dia de Ação de Graças), importante feriado norte-americano que neste ano será celebrado no final do mês de novembro.

A informação foi revelada por Ryan Kavanaugh, CEO da "Triller", em participação no programa "MMA Hour", do site "MMA Fighting". Questionado sobre o especulado combate entre Belfort e Jake Paul, pelo qual o próprio dirigente havia prometido uma bolsa milionária como forma de persuadir o youtuber, Kavanaugh confirmou o interesse, mas indicou que, primeiro, deve focar suas atenções para a disputa entre o brasileiro e o Golden Boy, como De La Hoya ficou conhecido.

Uma das razões apontadas pelo dirigente para tal escolha é o fato de muitos fãs da nobre arte terem se incomodado com a vitória de Belfort sobre Holyfield, que substituiu De La Hoya de última hora no card promovido pela "Triller" no dia 11 de setembro. A grande diferença de idade, favorável ao ex-campeão do UFC, fez com que o duelo tivesse um ar de desigualdade, com o brasileiro atropelando a lenda do boxe em pouco mais de um minuto de luta. Por isso, Kavanaugh enxerga na remarcação do combate entre Vitor e Golden Boy, muito mais próximos na idade, uma chance de vingança para a comunidade do pugilismo, o que poderia atrair ainda mais espectadores para seu evento.

“Eu acho que a luta Oscar De La Hoya vs Vitor (Belfort), na Ação de Graças, se nós conseguirmos fazer isso acontecer, se tornou muito mais interessante. Porque, por todas essas pessoas que parecem ter ficado chateadas com Vitor pelo que aconteceu com Holyfield, a luta se tornou muito mais pessoal. E Oscar se torna, não só o Golden Boy, mas alguém vindo buscar vingança para Holyfield. Então, nós já estamos conversando com Oscar sobre ele lutar com Vitor, no fim de semana de Ação de Graças, no sábado, e chamar isso de A Vingança'”, revelou Ryan Kavanaugh, CEO da Triller.

Outro empecilho para uma negociação imediata com Jake Paul é o fato do jovem astro da internet, que segue invicto no boxe profissional, ter contrato vigente com a "Top Rank", promotora rival da "Triller". Por isso, Kavanaugh prega paciência e reforça seu desejo de promover o duelo entre De La Hoya e Belfort na sequência, enquanto aguarda pelo final do vínculo entre o youtuber e a tradicional organização liderada por Bob Arum.

Ex-campeão meio-pesado (93 kg) do UFC e um dos principais nomes do MMA nas últimas duas décadas, Vitor Belfort, de 44 anos, faria sua estreia no boxe profissional diante de Oscar De La Hoya, multicampeão mundial na nobre arte e um dos maiores pugilistas de todos os tempos. Porém, o americano foi infectado pela COVID-19 restando poucos dias para o evento e foi substituído por Evander Holyfield, de 58 anos, que acabou facilmente superado pelo brasileiro.