<
>

Com atuação dominante, Ariane Lipski supera alemã e volta a vencer no UFC

Pressionada por vir de duas derrotas seguidas, Ariane Lipski espantou o mau momento no Ultimate em grande estilo. A brasileira fez uma bela atuação e venceu Mandy Bohm por decisão unânime dos jurados, no card principal do UFC Vegas 37, realizado neste sábado (18).

Ariane Lipski começou a luta logo dando seu cartão de visitas para a alemã. A brasileira iniciou o combate colocando uma pressão na parte em pé, desferindo logo uma sequência de socos.

A adversária, ciente que estava em desvantagem na trocação, acionou o plano B e tentou levar a luta para o solo. No entanto, ao derrubar a paranaense, caiu por baixo e sofreu alguns golpes. A atleta do Brasil levou claramente vantagem na etapa inicial.

No segundo round, Ariane decidiu diminuir o ritmo e priorizar os golpes mais certeiros. Novamente em vantagem na parte em pé, a brasileira conectou bons socos na adversária, que seguia buscando a luta agarrada. Faltando 20 segundos para o fim do assalto, Lipski soltou uma bomba e levou Bohm a knockdown. A alemã conseguiu sobreviver aos ataques da oponente.

Depois de ter vencido os dois primeiros rounds, Lipski cadenciou o início do último assalto, mas seguia pontuando desferindo bons jabs. No entanto, ao ver uma brecha, Ariane soltou um direto e derrubou novamente Bohm. A alemã sofreu duros golpes no solo, mas resistiu ao travar a rival no solo. Mandy seguia frustrada pela bela atuação da brasileira, que sobrou no octógono até o gongo final.

Com esse resultado, Ariane Lipski espanta a má fase e volta a vencer após duas derrotas seguidas no Ultimate. Agora a brasileira tem três triunfos e quatro reveses na franquia. Já Mandy Bohm perdeu sua invencibilidade no MMA profissional após sete vitórias consecutivas.