<
>

Promessa do Bellator, AJ McKee projeta lutas contra grandes nomes do UFC

AJ McKee está prestes a realizar a maior luta de sua carreira e não esconde a empolgação por participar de algo tão grandioso.

Neste sábado, o americano vai enfrentar Patrício "Pitbull" na final do GP do peso-pena (66kg) no Bellator 263, que acontece na Califórnia, e a disputa vale o título do torneio, o cinturão da categoria e US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,12 milhões). Animado com seu futuro no MMA, "Mercenary" já possui novos desafios em mente.

Em entrevista ao site MMA Fighting, McKee admitiu que "Pitbull" é um lutador de qualidade e renomado, mas, ao mesmo tempo, assegurou que é superior ao campeão do peso-pena e do peso-leve (70 kg) do Bellator.

Confiante de que irá destronar o brasileiro, "Mercenary" revelou que sonha em medir forças com, pelos menos, dois lutadores do UFC.

Vale destacar que o americano é uma das grandes promessas do esporte e objeto de desejo das principais organizações da modalidade. A curiosidade é que, em sua carreira, McKee só atuou no Bellator, mas, ao que parece, tal histórico pode mudar em breve.

"Acho que vai abrir um pouco o mundo do MMA. Patrício é um dos melhores penas do mundo, mas eu sou o melhor. Sinto que isso vai colocar uma marca, que este garoto é realmente o futuro do esporte, potencialmente, vai realizar grandes coisas em sua carreira, ficar invicto em toda carreira sendo o Floyd do MMA. Estou ansioso para ser o campeão do povo. Definitivamente, há lutadores em outras organizações que eu quero ver. Veremos como as coisas se desenrolam, mas no momento o foco é Patrício", declarou McKee, antes de completar.

"Ortega me venceu com um triângulo quando eu tinha 19 anos, então definitivamente terei que me vingar um dia. Holloway sempre foi a luta dos meus sonhos. Eu adoraria testar minhas habilidades com as dele e ver o que acontece. Este é um negócio e é assim que cuido da minha família, é assim que meu pai cuida de sua família. O cheque tem que estar certo. Isso é obrigatório. Se o cheque não estiver certo, nem fale comigo. O UFC tem o dinheiro. Faça o cheque. Dana tem um bolso gordo. Podemos sentar e conversar. Estou procurando quebrar recordes, tentando fazer coisas que Floyd fez. Assim que eu conseguir um nome e seguidores, o céu é o limite", concluiu.

Mesmo com a pouca idade, AJ McKee, de 26 anos, já é um dos símbolos do Bellator. O atleta iniciou sua carreira em 2015, disputou 17 lutas e venceu todas, sendo seis por nocaute e outras seis por finalização. A curiosidade é que todos os combates do americano foram realizados pela organização de Scott Coker.

Atualmente, "Mercenary" ocupa a primeira posição no ranking do peso-pena, atrás apenas do campeão Patrício "Pitbull", seu próximo adversário.

Para chegar na final do GP da categoria, McKee nocauteou Georgi Karakhanyan em apenas oito segundos e finalizou Derek Campos e Darrion Caldwell em seguida.