<
>

UFC: McGregor ataca Khabib Nurmagomedov e provoca ao citar falecido pai do rival

play
UFC: em luta com 'banho de sangue', Dillashaw tem buraco aberto na sobrancelha, resiste e vence; VEJA! (0:50)

TJ Dillashaw venceu Cory Sandhagen em batalha sangrenta no UFC Vegas 32 (0:50)

Se engana quem pensa que a rivalidade entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov acabou pelo fato do russo ter se aposentado do MMA. Nas primeiras horas desta terça-feira (27), ela voltou com tudo através das redes sociais. Em uma de suas muitas publicações, o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) do UFC polemizou e provocou ‘The Eagle’ ao mencionar Abdulmanap Nurmagomedov, seu falecido pai.

Dessa vez, a confusão começou após Khabib comemorar a nova vitória por nocaute de Dustin Poirier na trilogia contra McGregor, realizada em julho, em Las Vegas (EUA). Na ocasião, a lenda do MMA classificou o resultado como o triunfo do bem sobre o mal. Ao lembrar de tal episódio, ‘Notorious’ não perdoou e respondeu.

Em uma publicação já deletada por McGregor, mas capturada em print por diversos perfis especializados em MMA, o astro irlandês tratou de fazer uma comparação pesada. Aproveitando a ideia de Khabib, ‘Notorious’ mencionou Abdulmanap Nurmagomedov, que faleceu em julho de 2020 por conta da COVID-19, e questionou, já que se o pai do russo fosse o bem, não teria sido vítima fatal da doença (mal).

“Covid é o bem e o pai é o mal?”, escreveu McGregor em sua conta oficial no ‘Twitter’.

O duelo entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov aconteceu em 2018 e o clima para a batalha foi bélico. No pré-luta, o irlandês atacou Khabib, sua família, país e religião e, durante o confronto, o russo provocou McGregor enquanto desferia seus golpes. Após a vitória do então campeão do peso-leve do UFC por finalização no quarto round, o octógono foi palco de uma briga generalizada entre membros das equipes.

Desde então, o irlandês sempre demonstrou interesse em uma revanche contra o desafeto, mas Khabib nunca cedeu, justificando sua vitória no primeiro encontro como suficiente para provar sua superioridade sobre o rival. Com a aposentadoria do russo, a aguardada revanche, ao que tudo indica, ficará no imaginário dos fãs.