<
>

UFC: Aljamain Sterling e Petr Yan tem acordo verbal para disputa em outubro

play
Chael Sonnen deixa rivalidade de lado e manda 'conselho de aniversário' para Jon Jones (0:59)

Americanos protagonizaram uma das maiores rivalidades da história do UFC (0:59)

Ao que tudo indica, a aguardada revanche entre Aljamain Sterling e Petr Yan, válida pelo cinturão dos galos (61 kg), está próxima de ser oficializada. Através de sua conta oficial no Twitter, o jamaicano revelou que vai colocar o título em jogo contra o russo no próximo dia 30 de outubro, data na qual está programada a realização do UFC 267, que terá como sede Abu Dhabi (EAU).

O campeão também antecipou que, caso saia vitorioso na revanche contra o russo, pretende defender seu título contra o vencedor do duelo entre Cory Sandhagen e TJ Dillashaw, que acontece neste sábado (24), no UFC Vegas 32. De acordo com o site MMA Fighting, no entanto, o acordo para a disputa entre Sterling e Yan é apenas verbal no momento.

"30 de outubro, em Abu Dhabi, toda a conversa termina! Sleepyhagen (Sandhagen) ou Needleshaw (Dillashaw), o vencedor ganha a próxima surra depois que eu tirar (Petr) Yan de circulação em 3 (rounds)! A única coisa que interessa nesse esporte é trabalho duro de classe operária! Nenhum privilégio do Dana White foi dado a mim", escreveu Aljamain Sterling em sua publicação no Twitter.

Caso seja oficializada, a peleja entre Aljamain Sterling e Petr Yan será a segunda disputa de título confirmada para o card do UFC 267, tendo em vista que o confronto entre Jan Blachowicz e Glover Teixeira, válido pelo cinturão peso-meio-pesado (93 kg), também deve fazer parte do card.

Curiosamente, de acordo com o repórter Ariel Helwani, da BT Sport, apesar de ser um evento numerado, a edição 267 não deve ser transmitido através de pay-per-view nos Estados Unidos, como é de costume.

De fato, existe a expectativa que o UFC 267 seja transmitido pelos canais da ESPN americana. Caso tudo se confirme, este será o primeiro evento numerado do UFC a não contar com a venda de pay-per-view desde a edição 138, realizada em 2011, no Reino Unido, e que foi transmitida com atraso para os Estados Unidos, através do canal Spike.

A revanche entre Sterling e Yan chega cerca de sete meses após o primeiro encontro entre os lutadores. Em março deste ano, o russo – então campeão dos galos – vinha dominando a peleja quando, no quarto assalto, aplicou um golpe ilegal no desafiante. Por sua vez, o jamaicano alegou não ter condições de continuar no combate, causando a desqualificação do rival e, consequentemente, garantindo sua vitória e a conquista do título.

play
2:10

McGregor precisa 'parar de arrumar desculpas' e 'respeitar o esporte', diz comentarista da ESPN

Stephen A Smith analisou as declarações de Conor de 'que já estaria com a perna quebrada antes do UFC 264'

O controverso desfecho do combate gerou enorme repercussão e Sterling foi bastante criticado por fãs e atletas, que insinuaram que o jamaicano teria encenado para sair vitorioso.

Na revanche, confirmada por Dana White logo após o primeiro duelo, o agora soberano dos galos terá a oportunidade de provar que não escolheu o caminho mais fácil para chegar à conquista e finalmente ser reconhecido como um verdadeiro campeão.