<
>

UFC: Jeremy Stephens pede luta contra McGregor para voltar à boa fase

play
Chael Sonnen deixa rivalidade de lado e manda 'conselho de aniversário' para Jon Jones (0:59)

Americanos protagonizaram uma das maiores rivalidades da história do UFC (0:59)

A fase de Jeremy Stephens no MMA não é boa, mas o lutador quer disputar mais lutas. Com cinco derrotas e um ‘no contest’ nos últimos seis combates, o futuro do veterano no UFC é incerto, mas, de qualquer forma, o mesmo ignora tal momento. Tanto que o alvo de ‘Lil Heathen’ foi, simplesmente, Conor McGregor.

Em suas redes sociais , Stephens aproveitou que o astro irlandês também vive momento delicado no MMA para desafiá-lo. Vale lembrar que, em 2016, a dupla se estranhou em uma coletiva de imprensa realizada pelo UFC. Quando um jornalista questionou McGregor sobre qual atleta lhe daria a luta mais difícil, o americano interrompeu e se autoproclamou o pior oponente para ‘Notorious’ que, de pronto, respondeu e ficou imortalizado com a frase ‘Quem é esse cara?’. Agora, o veterano expressou, novamente, seu interesse no encontro com o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) da companhia.

“Só pensando… a verdadeira luta a fazer sou eu e McGregor. Ele quebrou o tornozelo, alguém mergulhou no meu tornozelo. Nós dois gostamos de lutar e nos manter de pé. Ambos poderosos e diferentes. Além disso, eu gosto de chute de panturrilha e tenho uma ampla gama de nocautes”, escreveu o ‘bad boy’ em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Jeremy Stephens, de 34 anos, é um veterano no MMA. O americano iniciou sua trajetória no esporte em 2005 e estreou no UFC dois anos depois e permaneceu na companhia. Pela maior organização de MMA do mundo, ‘Lil Heathen’ disputou 34 lutas, com 15 vitórias, 18 derrotas e um ‘no contest’. Seus triunfos de maior destaque foram diante de Gilbert Melendez, Josh Emmett, Rafael dos Anjos e Renan ‘Barão’.