<
>

Boxe: Anthony Joshua coloca títulos mundiais em jogo em setembro

play
Chael Sonnen deixa rivalidade de lado e manda 'conselho de aniversário' para Jon Jones (0:59)

Americanos protagonizaram uma das maiores rivalidades da história do UFC (0:59)

Depois de ver sua luta contra Tyson Fury, pela unificação dos títulos mundiais do peso-pesado, ser momentaneamente adiada por conta de uma decisão judicial, Anthony Joshua já tem novo adversário e data para retornar aos ringues.

Nesta terça-feira (20), o pugilista britânico anunciou que colocará seus cinturões em jogo contra o ucraniano Oleksandr Usyk, no dia 25 de setembro, no estádio do Tottenham Hotspur, em Londres (ING).

Atual campeão mundial peso-pesado pela Associação Mundial de Boxe (WBA), Federação Internacional de Boxe (IBF), Organização Mundial de Boxe (WBO) e Organização Internacional de Boxe (IBO), AJ chegou a assinar um acordo de duas lutas para enfrentar o compatriota Tyson Fury, detentor dos títulos do Conselho Mundial de Boxe (WBC) e da The Ring.

Porém, o duelo foi colocado de lado após Fury ser obrigado judicialmente a conceder um terceiro confronto ao americano Deontay Wilder – contra quem o inglês já soma um empate e uma vitória -, em função de uma cláusula no contrato inicial entre eles. Com isso, o britânico marcou seu novo duelo contra Wilder para o próximo dia 9 de agosto, deixando Joshua sem adversário.

AJ mudou seu foco para Oleksandr Usyk, ex-campeão mundial do peso-cruzador pelas quatro principais entidades do boxe: WBA, WBC, WBO, IBF.

O ucraniano, de 34 anos, foi medalhista de ouro nas Olímpiadas de Londres, em 2012, e soma 18 vitórias e nenhuma derrota como profissional. Por sua vez, Anthony Joshua possui 24 triunfos, 22 deles por nocaute, e um revés, para Andy Ruiz, em 2019.