<
>

Sonnen se rende de vez a Anderson Silva, apesar de rival 'idiota' no boxe: 'Nunca achei que teria chance'

play
Anderson Silva supera ex-campeão Julio César Chávez Jr. na volta ao boxe e faz história; veja como foi (1:32)

Mesmo aos 46 anos, "Spider" mostrou que ainda pode competir e ser responsável pelo entretenimento no mundo das lutas. (1:32)

Chael Sonnen foi um dos grandes oponentes da carreira de Anderson Silva no UFC. Os dois protagonizaram combates históricos, trocas de farpas tensas e criaram um clima de rivalidade que marcou uma geração inteira de fãs.

Com toda essa história, o americano sabia bem do que Spider era capaz em um octógono. Mas ficou boquiaberto ao ver o brasileiro vencer Julio César Chávez Jr. em uma luta de boxe no sábado passado, no México, por decisão dividida.

Contra um adversário 11 anos mais novo, Anderson Silva exibiu algumas de suas melhores características e deu um show particular mesmo em uma modalidade que não tinha domínio como no MMA. Castigou Chávez e conquistou a vitória após oito rounds, o que arrancou elogios de Sonnen.

"Geralmente quando um cara envelhece, diminui seu ritmo e não está mais em seu auge, a última coisa em que esse cara vai ser bom é no boxe. É simplesmente um esporte muito rápido. É muito sobre velocidade e tempo, é muito sobre reflexo", disse o ex-lutador americano, em seu canal no Youtube.

"Eu não achei que Anderson fosse ter alguma chance contra um cara da segunda geração de uma família de boxeadores. Eu não pensei que Anderson teria alguma chance até ver a pesagem. A partir daí eu pensei: 'esse Chavez é um gatinho assustado'. Pra que você pediria para um homem de 44 anos ir para um esporte que ele nunca praticou e você pratica desde o dia em que nasceu e você ainda pede pra ele perder peso? A não ser que você esteja com medo", afirmou.

Sonnen seguiu com elogios a Anderson e também fez questão de insultar o oponente do brasileiro. Julio César Chávez Jr. não bateu o peso na véspera do combate e, na hora da luta, não conseguiu em momento algum dominar o Spider, mesmo sendo ex-campeão da modalidade.

play
1:32

Anderson Silva supera ex-campeão Julio César Chávez Jr. na volta ao boxe e faz história; veja como foi

Mesmo aos 46 anos, "Spider" mostrou que ainda pode competir e ser responsável pelo entretenimento no mundo das lutas.

"Anderson estava ótimo, sem mencionar que os números estavam contra ele. Idade, esse é um número importante que estava contra ele. Peso. Não podemos esquecer que esse idiota, Julio Chávez, não bateu o peso", lembrou Sonnen.

"Eu não sei se Chavez estava com medo do Anderson Silva. Eu apostaria em Chávez para essa luta. Não conheço muito sobre sua carreira, sei mais sobre a carreira do pai dele, mas não sei muito sobre a dele. Ouvi muito sobre ele ser um idiota, que foi pego chapado, lembro que seu primeiro grande cheque foi de 4 milhões de dólares, que estava no bolso e ele pulou na piscina e estragou o cheque. Eu lembro dessas histórias, de ouvir falar que ele era um idiota, mas achava que ele era um bom boxeador. E olhando para ele, parecia que estava fora de forma, mas ele entende o esporte. Ele pode ser um idiota, mas é jovem", afirmou o americano.

"Eu nunca, nunca, nunca em um milhão de anos iria convidar alguém para vir para a minha modalidade que ele nunca praticou antes, eu tenho a vantagem de ser mais jovem e, a propósito, eu me importo com o quanto ele pesa? Eu não conseguiria me olhar no espelho. Eu ficaria envergonhado".