<
>

Treinador enaltece qualidade de Anderson Silva após vencer luta de boxe no México

play
Anderson Silva supera ex-campeão Julio César Chávez Jr. na volta ao boxe e faz história; veja como foi (1:32)

Mesmo aos 46 anos, "Spider" mostrou que ainda pode competir e ser responsável pelo entretenimento no mundo das lutas. (1:32)

No último sábado (19), Anderson Silva encerrou a má fase ao triunfar na luta de boxe contra Julio Cesar Chavez Jr., no México. Anteriormente, o antigo rei do peso-médio (84 kg) do UFC havia perdido três duelos seguidos e vencido apenas um no período entre 2013 e 2020. Dessa forma, a boa atuação do veterano diante do ex-campeão mundial da nobre arte pode ter surpreendido parte dos fãs, mas não Luiz Dorea, seu treinador.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Dorea relatou a jornada junto ao ex-campeão do UFC para sua tão aguardada luta de retorno ao boxe. Vale destacar que a parceria entre a dupla é de longa data. De acordo com o treinador, Anderson passou por uma intensa rotina de preparação, pois tinha conhecimento do quão grandioso era seu encontro com o pugilista, mesmo sendo o azarão para o duelo.

Inclusive, Dorea exaltou a lenda do MMA por vencer um ex-campeão de boxe em seu país de origem e contou que esperava o triunfo de Anderson, apesar de sua idade avançada (46 anos) para praticar esportes de combate. Contente com o feito de ‘Spider’, o treinador explicou que o triunfo de seu atleta aconteceu, porque o mesmo é um profissional diferenciado e especial.

“Obrigado, Deus, por essa grande vitória do nosso campeão Anderson Silva, sobre o ex-campeão mundial de boxe Julio Cesar Chavez Jr., em luta de oito rounds. Parabéns para toda equipe, em especial ao nosso eterno campeão Anderson, que deu um show de boxe no Estádio Jalisco, em Guadalajara. O desempenho de Anderson foi maravilhoso, incrível”, escreveu o profissional em sua conta oficial no ‘Instagram’, antes de completar.

“Fiquei muito emocionado, mas não surpreso. Ele foi preparado para vencer. Deus nos reservou esse momento especial para realizar nosso sonho contra um grande atleta, lutando em sua casa. Trabalhamos muito duro por 12 semanas. Anderson se dedicou 100% e fomos evoluindo a cada semana. Sabíamos que iríamos enfrentar um grande campeão e Deus nos abençoou com essa grande vitória”, concluiu.

Anderson Silva, de 46 anos, é um dos lutadores mais celebrados dos esportes de combate. Em seu auge no MMA, o brasileiro marcou época no UFC. ‘Spider’ conquistou o título do peso-médio logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade das artes marciais mistas o maior nome da história da modalidade. Seus principais trunfos foram diante de Chael Sonnen (duas vezes), Dan Henderson, Demian Maia, Forrest Griffin, Rich Franklin (duas vezes) e Vitor Belfort.